Hemonúcleo precisa de sangue tipo O Negativo

O Hemonúcleo de Campo Morão está com dificuldades em repor os estoques do tipo sanguíneo O Negativo. Nesse início de ano, a unidade está praticamente sem estoque.

A principal maneira para auxiliar é a doação, por isso o pedido da diretoria do Hemonúcleo é para que as pessoas se dirijam ao local para contribuir.

Vale lembrar que o sangue O Negativo é universal e por isso é importante não deixá-lo limitado nas instituições. Durante a doação são captados 450 mililitros de sangue, sendo que uma bolsa pode salvar até três vidas.

Para fazer a doação, o voluntário deve comparecer ao Hemonúcleo com um documento com foto, estar bem de saúde, bem alimentado, pesar mais do que 50 quilos e ter entre 16 e 67 anos.

Dos 60 aos 67 anos o doador deve ter feito pelo menos uma doação durante a vida. Dos 16 aos 17 anos ele deve ir acompanhado de um responsável.