Entidades e instituições são chamadas a entrar na “guerra” contra dengue

O evento lotou o salão da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico – Foto: Divulgação

Representantes de vários segmentos da sociedade mourãoense, entre elas igrejas, associações de moradores e entidades, participaram na tarde desta sexta-feira (14), de uma reunião convocada pela Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo foi pedir o apoio no combate a proliferação da dengue, que pelos índices e números de casos está na iminência de ser tornar uma epidemia.

O evento lotou o salão da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico. Na abertura, o secretário municipal de Saúde, Sérgio Henrique dos Santos e o prefeito Tauillo Tezelli conclamaram o envolvimento de todos. “Estamos numa guerra mesmo e se não houver interesse da sociedade, vamos perder, pois com 50 agentes de endemias não vamos conseguir atingir todos os imóveis”, alertou o prefeito.

No período da manhã, o prefeito também esteve com o bispo Dom Bruno Versari, que gravou um vídeo pedindo a colaboração da população para combater o mosquito transmissor. O prefeito reforçou a necessidade de ações práticas. “Hoje muitas pessoas, em vez de fazer sua parte, ficam nas redes sociais criticando o poder público. Não estamos aqui para ficar administrando isso, o que precisamos é de envolvimento de todos”, enfatizou.

A reunião foi conduzida pelo chefe da Vigilância em Saúde, Carlos Bezerra, que mostrou o número de casos e os bairros com maiores índices de infestação. “O principal criadouro é o lixo nos imóveis e remover esses resíduos não papel do poder público. Cada um deve fazer sua parte”, acrescentou Bezerra.

CAMINHADA

Neste sábado a Secretaria Municipal de Saúde vai realizar mais uma caminhada ecológica, para recolher materiais dispensados irregularmente em terrenos baldios e espaços públicos. A ação terá como pontos de referência os bairros Vila Cândida, Indianópolis, Modelo, Novo Horizonte, Santa Nilce e Vila Urupês.