Covid-19: UTI lota e CM terá que transferir pacientes

O aumento expressivo de novos casos de coronavírus em Campo Mourão e região causou o que se temia: o colapso no sistema de saúde do município.

De acordo com as informações do secretário de Saúde de Campo Mourão, Sérgio Henrique dos Santos, a UTI-SUS do hospital Santa Casa chegou ao seu limite de internações neste fim de semana. No total, são 15 vagas de UTI – seis por convênio e nove pelo SUS.

“Os nove leitos de UTI-SUS estão ocupados. Agora terá quer ser feito o desvio de fluxo para outras cidades da região macro noroeste, como Umuarama, Cianorte, Paranavaí ou Maringá”, disse o secretário. Já a UTI ala de convênio, que possui 6 leitos, está com dois ocupados. Em caso de emergência, os mesmos poderão ser ocupados pelo SUS.

O último boletim covid divulgado ontem revela que o município registrou neste sábado o maior número de internações pela doença, desde o início da pandemia, com 22 casos, sendo 10 na UTI e 12 na enfermaria. Campo Mourão chegou ontem a 275 casos.

A superintendente da Santa Casa, Lucineia Scheffer disse que três pacientes já foram transferidos hoje para Paranavaí. ”A UTI está lotada e temos pacientes graves na enfermaria. Hoje direcionamos três para Paranavaí e uma outra paciente, com infarto aguarda vaga onde tenha disponibilidade para o procedimento cardíaco. Na enfermaria ainda temos alguns leitos”, disse Lucinéia.