Campanha de Combate às Hepatites realizou 220 testes, todos negativos

Segundo dados do setor que trata IST (Infecções Sexualmente Trasmissíveis) da Secretaria Municipal de Saúde, 56 pessoas estão em tratamento – Foto: Divulgação

Os 220 testes rápidos de hepatites B e C, realizados na sexta-feira (26) nas Unidades de Saúde de Campo Mourão, deram todos negativos. A ação fez parte da Campanha Mundial de Combate às Hepatites Virais, instituída pela Organização Mundial de Saúde e comemorada dia 28 de julho. Segundo dados do setor que trata IST (Infecções Sexualmente Trasmissíveis) da Secretaria Municipal de Saúde, 56 pessoas estão em tratamento.

“Felizmente nessa campanha não tivemos caso positivo”, comemora a enfermeira responsável, Ana Lúcia Cardoso, ao lembrar que os testes para as hepatites estão disponíveis em toda a rede do SUS. Segundo ela, o Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais já mantém uma estratégia de mobilização desde 2003 para o diagnóstico de aids, sífilis e hepatites: o Fique Sabendo.

O resultado do exame possibilita ao profissional notificar a doença e dar à Saúde do país o panorama real do número de casos existentes, o que é fundamental para o desenvolvimento de políticas de prevenção e combate à doença. “A estratégia tem grande aceitação e credibilidade entre profissionais e gestores de saúde pública”, afirma. A hepatite é a inflamação do fígado, uma doença que nem sempre apresenta sintomas.

Entre as medidas que podem evitar a transmissão das hepatites virais estão: usar preservativo em todas as relações sexuais;  exigir materiais esterilizados ou descartáveis em estúdios de tatuagem e de piercings; não compartilhar instrumentos de manicure e pedicuro; não usar lâminas de barbear ou de depilar de outras pessoas; não compartilhar agulhas, seringas e equipamentos para drogas inaladas e pipadas, como o crack.