Economia com novo contrato de limpeza pública será de R$ 12 mi em 5 anos

A Seleta Ambiental foi a que apresentou menor proposta entre as 13 empresas que participaram do processo licitatório – Foto: Divulgação

O novo contrato em vigor desde o início do ano com a empresa que venceu a licitação para exploração da limpeza pública em Campo Mourão, representa uma economia de mais de R$ 12 milhões nos próximos cinco ano em relação ao valor lançado no edital, de R$ 48 milhões. A Seleta Ambiental foi a que apresentou menor proposta entre as 13 empresas que participaram do processo licitatório concluído no fim do ano passado e foi a vencedora pelo valor de R$ 35,2 milhões.

“É importante lembrar o aumento dos serviços, em especial as adequações do aterro sanitário, que ficou a cargo da contratada, principalmente para a obtenção da licença de operação”, ressalta o secretário municipal do Meio Ambiente, Franco Freire Sanches. Segundo ele, o pedido de licença já foi protocolado no Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

O contrato de limpeza pública, assinado no fim do ano passado, prevê serviços como coleta, transporte e destinação de resíduos orgânicos; recicláveis; varrição de vias públicas; fornecimentos de equipes e operação, manutenção e licenciamento do aterro sanitário.

O prefeito Tauillo Tezelli lembra que no início de 2017 o município estava em débito com a empresa, o que gerou transtornos no início da gestão. A dívida, de R$ 1,5 milhão, foi parcelada e até agora já foi pago R$ 1,1 milhão.  “Além disso, foram necessários investimentos no aterro sanitário para solucionar situações que havia gerado multas para o município”, ressaltou o prefeito.