Câmara decreta luto oficial de três dias após a morte de vereador

O presidente da Câmara de Campo, Olivino Custódio decretou luto oficial de três dias, por conta da morte do vereador Edson Battilani, na madrugada desta quarta-feira (09), vítima de complicações da Covid-19. O parlamentar, de 64 anos, infectado com o novo coronavírus, estava internado em Maringá desde o início de setembro.

Ele testou positivo em agosto, ficou internado na Santa Casa de Campo Mourão e no início de setembro, a pedido da família, foi transferido para um hospital em Maringá. Battilani era servidor público estadual aposentado, exerceu o cargo de secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente na gestão 1993-1996 e estava no quarto mandato como vereador, (1997-2000; 2001-2004, 2013-2016 e 2017-2020).

Durante os mandatos, Battilani foi presidente do Legislativo de 1997 a 1998 e 2017 a 2018. “Uma notícia muito triste que nos pegou de surpresa. Era um colega de primeira linha, que sempre respeitou todos, um parlamentar atuante que deixa saudades pela pessoa bondosa. Lutou tanto, mas infelizmente a doença venceu a batalha”, lamentou o presidente do Legislativo, Olivino Custódio. Nas redes sociais, os demais vereadores também lamentaram a morte do colega de parlamento.

Battilani era casado e deixa esposa e três filhos.