Município questiona TC sobre ranking de transparência

A administração municipal de Campo Mourão solicitou junto ao Tribunal de Contas do Paraná informações sobre quais itens foram considerados não atendidos na análise do Índice da Transparência Pública (ITP), divulgado nesta semana. Na divulgação referente a portais da transparência, o município aparece na posição 249.

O prefeito Tauillo Tezelli lembra que em 2018 Campo Mourão ficou em 6º lugar no Paraná entre cidades acima de 50 mil habitantes em avaliação sobre transparência realizada pela Controladoria Geral da União (CGU). No país o município ficou na posição 87ª. “De lá pra cá só temos avançado em termos de transparência e por isso precisamos saber que itens, na avaliação do TC, não estamos atendendo”, afirma o prefeito.

O prefeito citou, por exemplo, entre as medidas para maior transparência, o recém-implantado processo digital, que moderniza, agiliza a dá transparência aos trâmites dos processos que a população necessita.

“A Lei de Acesso à Informação é bastante abrangente e abre margem para diversas interpretações sobre os itens a serem atendidos, por isso pedimos esse esclarecimento ao Tribunal”, enfatiza o secretário de Fazenda e Administração, Aldecir Roberto Silva.