Campo Mourão fica em 1º lugar no Estado em transparência dos gastos com Covid-19

O município de Campo Mourão obteve nota máxima em transparência na divulgação sobre a aplicação de recursos destinados ao Covid-19. Essa nota garantiu o 1º lugar no ranking do Ministério Público na análise das 399 cidades do Estado, divulgado na sexta-feira (24). Além dos portais de transparência, o MP considerou publicações de boletins e legislações relacionadas à Covid dos municípios.

O levantamento foi embasado no Centro de Apoio Técnico à Execução (CAEx), que avalia os Portais de Transparência das prefeituras quanto à publicidade dos gastos ligados à Covid-19.  Nas primeiras posições estão Campo Mourão, Cascavel e Nova Santa Rita.

O prefeito Tauillo Tezelli ressalta que desde que o município recebeu os primeiros recursos do governo federal já criou o Comitê de Acompanhamento do Covid e as informações foram colocadas no portal da transparência.  “Chamamos nossa equipe e sempre cobramos transparência, fomos aperfeiçoando o modelo de divulgação e agora somos reconhecidos por esse serviço, que é um esforço de toda uma equipe”, explica.

Ele enfatiza que essa divulgação do MP é importante e comprova a responsabilidade na aplicação dos recursos. “A gente está enfrentando uma situação que não sabemos até onde vai e esse resultado aumenta ainda mais nossa responsabilidade para continuar melhorando”, acrescenta o prefeito.

O coordenador do CAEx, procurador de Justiça Bruno Sérgio Galati, explica que a classificação dos municípios é feita a partir de normas estabelecidas pela Rede de Controle da Gestão Pública do Estado do Paraná, colegiado que reúne diversos órgãos públicos, como o Ministério Público, as Controladorias-Gerais do Estado e da União, Tribunais de Contas Estadual e da União, Receita Federal e Polícia Federal, entre outros.