Traficantes negociam até com cartão de crédito

Dinheiro, arma e outros objetos foram apreendidos pelos policiais – Foto: Rafael Silvestrin/Tasabendo.com

Em mais uma ocorrência de tráfico de drogas em Campo Mourão, a equipe da Rotam prendeu um homem em uma residência no jardim Aeroporto e descobriu que mesmo quem não tinha dinheiro conseguia adquirir o entorpecente, por meio do cartão de crédito. O flagrante foi neste domingo, na Rua Aleixo Piovezan.

Quando os policiais se aproximaram do local, um homem saiu correndo e conseguiu escapar, levando parte da droga e uma balança. O outro abordado no local, disse que estava apenas tomando conta do imóvel e que o proprietário não se encontrava.

Na casa, a equipe da Rotam apreendeu uma pequena quantia de cocaína, dinheiro, um notebook, máquina de serrar mármore, um revólver calibre 38, com três munições intactas, uma munição .40, e até uma máquina de cartão de crédito.

“Quando a equipe se aproximou, havia pelo menos três pessoas em frente à residência com uma caixa de cerveja, mas um deles conseguiu escapar, levando parte da droga e uma balança. O rapaz que ficou e foi detido confessou o tráfico, mas disse que a casa não lhe pertence. Apenas estaria cuidando do imóvel para o proprietário”, disse o sargento J.Silva, comandante da Rotam.

Segundo o sargento, o dono da casa já esteve preso por tráfico de drogas. “Recebemos informações anônimas de que o tráfico de drogas ocorria com freqüência no local e que quem não tinha dinheiro podia pagar no cartão de crédito. Acreditamos que isso seja verdade, pois uma máquina de cartão foi apreendida na residência”, afirma.

No local os policiais ainda apreenderam duas carteiras de identidade, sendo uma do proprietário da residência. “Fomos até a casa de seus familiares e eles disseram que o mesmo pratica o tráfico de drogas e que admite que não gosta de trabalhar.” O rapaz detido no imóvel foi preso e autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.