Prisão por tráfico e recuperação de moto furtada em Peabiru

Material apreendido foi levado para a delegacia – Foto: Rafael Silvestrin/Tasabendo.com

Em duas ocorrências distintas, na madrugada desse sábado, a equipe da Rotam do 11º Batalhão da Polícia Militar de Campo Mourão prendeu um rapaz por tráfico de drogas e em seguida, ao ser acionada para uma situação de perturbação de sossego, no “Gramadão” (próximo à UTFPR), acabou prendendo um jovem com uma moto furtada no mês passado, em Peabiru.

Na primeira ocorrência, na rua Quinto Salvadori, região do jardim Cidade Nova, os policiais foram acionados para atender uma situação de tráfico de drogas e receptação de objetos furtados.

No local foi detido um rapaz com diversas passagens pela polícia por furtos. “Ele é conhecido por furtas e levar os objetos para trocar nas bocas de fumo.  No local foram apreendidos três buchas de cocaína, prontas para a venda e um pedaço grande de maconha, além de mais de R$ 1.200,00 em dinheiro”, contou o subtenente J.Silva, comandante da Rotam.

Os policiais encontraram no local diversos produtos de furtos, como televisor, celular e outros objetos, porém como a maioria não possuía registro de roubo na delegacia, nada pode ser apreendido. “Voltamos a pedir para as pessoas que façam o registro quando tiverem seus bens furtados, pois caso contrário não temos como fazer a apreensão”, explica J.Silva.

MOTO RECUPERADA

Enquanto a equipe policial concluía a ocorrência na delegacia, uma outra denúncia, desta vez de perturbação de sossego no “Gramadão” chegava ao batalhão.

Rapidamente os policiais foram ao local e constataram som alto de carros, consumo de drogas e álcool, práticas já comuns nesse local nos fins de semana. Ao perceberem a aproximação da viatura, houve grande dispersão, e uma pessoa acabou atropelada, mas sem gravidade.

Um rapaz tentou fuga com uma moto, mas foi abordado. “Foi constatado que o condutor da moto era aquele individuo recordista de prisões no Paraná, que novamente volta a atacar. A moto usada por ele havia sido furtada em Peabiru, no dia 29 de abril”, relatou J.Silva.

O ladrão foi novamente levado para a delegacia, mas o próprio policial já adianta que como sempre acontece ele não ficará preso. “Toda vez que ele é detido, jura que está tentando melhorar e que não vai mais furtar, mas já teve vez que acabou preso duas vezes no mesmo dia”, lamenta J.Silva.