“Empreendedora Destaque/2020” de Campo Mourão e região é Ruth Deitos

uth Deitos, como é mais conhecida, foi escolhida pela Cmeg/Campo Mourão para receber a honraria representando a unidade regional da Cmeg/Paraná. – Foto: Divulgação

No início de março próximo, dentro das comemorações do Dia Internacional da Mulher, a empresária mouraõense Ruter Deitos (Restaurante “A Varanda”) será homenageada com a entrega do Prêmio “Empreendedora Destaque/2020” de Campo Mourão e região em cerimônia que vai acontecer em Caiobá, no litoral do Estado. A honraria é outorgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio) e a Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios do Paraná (Cmeg).

Ruth Deitos, como é mais conhecida, foi escolhida pela Cmeg/Campo Mourão para receber a honraria representando a unidade regional da Cmeg/Paraná. Ela é a décima empresária do Município a receber o prêmio instituído em 2009. No final da última semana, a empresária – de 85 anos – foi surpreendida em seu restaurante – um dos mais tradicionais e renomados da cidade – com a visita da diretoria da Cmeg/Campo Mourão para comunicar a conquista do prêmio de reconhecimento.

Cada uma das cerca de 20 unidades da Cmeg no Paraná elege a sua Empreendedora Destaque e todas recebem a honraria em cerimônia que acontece no centro de eventos do Sesc Caiobá.

A HOMENAGEADA

Nascida em 12 de setembro de 1934, na localidade de Javorá (Município de Joaçaba/Santa Catarina), Ruth Deitos migrou para Campo Mourão com seus pais – Sabino Deitos e Norma Peres – e seus irmãos no início de 1954. Seu pai trabalhou por três anos como pintor na cidade e, em 1957, adquiriu o Hotel Paraná (precursor do atual  Paraná Palace Hotel).

Com 20 anos, Ruth Deitos passou a trabalhar no restaurante do hotel, onde atuou por 18 anos. Em 1987 instalou o Restaurante A Varanda, que por cerca de sete anos funcionou em uma casa de madeira nas imediações da Casa da Amizade (Rotary Clube). Seu primeiro cliente foi o agrônomo José Aroldo Gallassini, presidente da Coamo Agroindustrial Cooperativa. A Empreendedora Destaque/2020 ainda lembra o prato pedido por ele há 33 anos: Filé a Varanda. Com orgulho, ela ressalta que o líder cooperativista ainda é cliente da casa.

Posteriormente, o restaurante passou a funcionar na esquina da rua Francisco Albuquerque com a avenida José Custódio de Oliveira, onde permaneceu por cerca de 20 anos. Atualmente, o Restaurante A Varanda funciona anexo ao Paraná Palace Hotel.

Ruth Deitos é mãe de Prescila Deitos Javorski e avó de Gabriel e dos gêmeos Lourenzo e Maria Valentina. É ainda irmã do ex-deputado estadual e federal Darcy Deitos, que também ocupou importantes cargos no Governo do Estado (in memoriam). No restaurante ela comanda uma equipe de sete colaboradores de terça-feira a domingo. Entre os pratos servidos mais pedidos estão às iguarias a base de bacalhau, congro rosa e camarão, além do Filé ao Molho Madeira e do Bife a Parmegiana. O prato da casa – Filé a Varanda – continua no cardápio e também é muito pedido pelos clientes.

Mesmo aos 85 anos – 65 deles trabalhando diretamente na cozinha -, Ruth Deitos vai todos os dias para o fogão, preparando carnes, molhos e outras comidas. Ela acentua que não pensa em parar de trabalhar: “Só paro quando não puder mais”, ressalta.

Sobre o prêmio, Ruth Deitos explica que ficou muito emocionada quando foi surpreendida pela visita da diretoria da Cmeg/Campo Mourão, liderada pela presidente Ester de Abreu Piacentini, para comunicar-lhe da conquista da honraria. “Não sabia nem o que falar, tanta era a emoção pela homenagem. Foi a primeira vez que recebi uma homenagem do tipo e sou muito grata”, finalizou.

GALERIA

Estas são as outras nove empresárias de Campo Mourão que já conquistaram o Prêmio Empreendedora Destaque: 2009 – Lídia Aparecida Cordeiro Fernandes; 2010 – Leila Maria Tonello da Luz; 2011- Margarete Grassi; 2012 – Iracema Tavares Daleffe; 2013 – Joana da Silva de Souza; 2014 – Micalina Lachowski Silveira – “Nina”; 2015 – Ivone França; 2016 – Lilian Achôa Claudino; 2019 –  Edilaine Maria de Castro

Entre os quesitos para a outorga do prêmio estão: história pessoal e profissional de determinação e superação, estar atuando há pelo menos dois anos na atividade (de maneira formal ou informal), ter conquistado a credibilidade de seus clientes e fornecedores, formando uma marca própria; preocupação com a qualidade de seus produtos e serviços, bem como com o comprimento de prazos e com a qualidade no atendimento a fornecedores e clientes; ser reconhecida pela comunidade.