SPC/Acicam tem 19.817 CPF/CNPJ cadastrados

Oferecido pela Associação Comercial e Industrial (Acicam), o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) fechou o mês de janeiro último com 19.817 registros ativos de CPF (pessoas físicas) e CNPJ (pessoas jurídicas) em Campo Mourão. Os registros no órgão são resultado de razão de pendências financeiras e impõem limitação no acesso a crédito por parte dos inadimplentes.

Segundo o último relatório mensal de atendimentos do SPC/Acicam, que funciona no primeiro pavimento do Centro Empresarial Cidade, são 19.285 registros de CPF e 532 de CNPJ. Em janeiro, por exemplo, aconteceu a inclusão de 756 CPF’s e 55 de CNPJ’s no cadastro do órgão, totalizando 811 novas pendências. Já as exclusões do cadastro, em razão da regularização das dívidas, somaram 567: 559 foram de CPF e 8 de CNPJ.

Ao longo do ano passado, o SSPC/Acicam atendeu a 101.885 consultas. Trata-se do mais antigo e mais acessado do vasto e variado portfolio de serviços oferecidos pela entidade empresarial. Em média foram atendidas 8.490 consultas por mês.

Das várias modalidades de consulta disponibilizadas, a mais procurada é o SPC Mix. Outras modalidades de consulta oferecidas aos interessados: SPC Mix Top, SPC Mix Plus, SPC Mix Mais, SPC Maxi, SPC Jurídico, SPC Busca, SPC Relatório, Concentre, Confirme PJ + PF e Cheque Analítica.

Em agosto foi registrado o maios volume de consultas ao SPC/Acicam em 2018: 9.385.  Já o menor volume de consultas foi em novembro: 7.946. Ao longo do ano foram incluídas 9.596 dívidas no cadastro do serviço, impondo limitações de acesso a crédito aos inadimplentes. Já as exclusões de débitos do cadastro do serviço somaram 8.346. Em dois meses do ano passado, as exclusões superaram as inclusões: junho e julho.

Deonildo Rorato é o coordenador do SPC/Acicam e mais de 90 por cento das consultas já são realizadas via internet. O serviço de proteção ao crédito oferecido pela entidade completou 49 anos de funcionamento ininterrupto no dia 17 de novembro do ano passado. Inicialmente funcionou com a denominação de Seproc – Serviço de Proteção ao Crédito. Desde o início de 2012, o atendimento é realizado pelo SPC – Serviço de Proteção ao Crédito, mediante parceria com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap).