Parque do Lago completa 50 anos

O Parque Municipal “Joaquim Teodoro de Oliveira” (Parque do Lago), completa 50 anos de existência neste sábado. A inauguração foi no dia 1º de maio de 1971, Dia do Trabalhador. Nesta data, o prefeito Horácio Amaral, encontrava-se licenciado do cargo.

A inauguração solene foi presidida pelo prefeito em exercício, Getúlio Ferrari, sob as vistas de várias autoridades e populares. Ferrari era o presidente da Câmara.

Na solenidade fez uso da palavra Feiz Farhat, citando que a ideia da obra iniciou em novembro de 1970, quando foi apresentada ao prefeito Horácio Amaral. Ele citou que um dos grandes incentivadores para a concretização deste importante espaço ecológico foi o chefe do Departamento de Serviços Urbanos, Iracy Ferrari. “O Parque Municipal foi feito com amor, carinho e economia, com a finalidade de humanizar a cidade” disse.

Ele mencionou que por vontade dos funcionários municipais aquele local seria denominado Parque Municipal Horácio Amaral, mas como havia um decreto federal proibindo a denominação de bens públicos com o nome de pessoas vivas, optou pela denominação de Parque Municipal.

Representando a Câmara Municipal, falou o vereador professor Ephigênio José Carneiro.  “Vemos nesta realização o início daquele que será o Jardim Botânico e Zoológico de Campo Mourão. Aqui virão as famílias e homens que trocarão idéias, que se comunicarão, trazendo conseqüentemente progresso para o Município. Devemos agradecer ao incansável Dr. Feiz Farhat pela concretização desta obra imorredoura”.

O prefeito em exercício Getúlio Ferrari, em discurso objetivo, falou da satisfação enorme que sentia em entregar ao povo o Parque Municipal, que foi construído através de uma administração correta e sadia. Elogiou o trabalho do Dr. Feiz Farhat pelo seu bom gosto, inteligência e senso de economia.

“Não é um absurdo o que foi gasto aqui, pois muitas coisas do almoxarifado foram aproveitadas e estavam praticamente inutilizadas”, disse.

O padre Yves Poliquen celebrou uma missa campal e em seguida os funcionários da Prefeitura puderam saborear um churrasco oferecido pelo Chefe do Executivo.

Quando da sua inauguração, o Parque Municipal era estruturado com churrasqueiras e locais para passeio, quatro fossas com 20 metros cúbicos; dois banheiros, 1.200 variedades de flores e árvores, com 10 bancos e mesas e uma casa de madeira para guardar ferramentas.

A construção do Parque levou quatro meses e foi concebido por ser de fácil acesso e para servir de centro de afluência dos mourãoenses aos sábados e domingos.

Em 1982, na administração do prefeito Augustinho Vecchi, o Parque sofreu profundas modificações, ganhando lago artificial, lanchonete, churrasqueira e sanitários, tornando-se um lugar aprazível e com variadas espécies de árvores.

Em 27 de setembro de 1982, por meio do decreto nº 59/82, recebeu a denominação de “Parque Municipal Joaquim Teodoro de Oliveira”, em “homenagem ao ilustre cidadão que dignificou o município no exercício da Chefia do Poder Executivo de Campo Mourão, com honradez, dedicação e trabalho”.

Na administração do prefeito José Pochapski, em 1987, o Parque foi criado oficialmente, através de lei municipal.

Em 1993, na gestão de Rubens Bueno, foi novamente reformulado, recebendo uma pista de caminhada, pontes, e outras melhorias. As benfeitorias foram inauguradas em 12 de fevereiro de 1995, com a presença dos secretários de Estado do Turismo e do Meio Ambiente. A data foi a véspera da visita do presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, que veio a Campo Mourão inaugurar o Teatro Municipal.

Atualmente o Parque Municipal é um dos principais cartões postais de Campo Mourão, sendo palco de diversos eventos culturais, preservação ambiental e de entretenimento da comunidade local.

Informações: Jair Elias dos Santos