Papai Noel dos Correios já começa a receber cartinhas

Gerente dos Correios, José Cruz orienta que oe pedidos sejam coerentes ao perfil da campanha – Foto: Divulgação

A campanha nacional Papai Noel dos Correios foi lançada nesta terça-feira (6). Na iniciativa, voluntários doam presentes atendendo a pedidos que chegam em cartas escritas por crianças em situação de vulnerabilidade social. Em Campo Mourão, a agência dos Correios já está preparada para receber pelo menos 250 cartinhas.

De acordo com o gerente da agência de Campo Mourão, José Alves da Cruz, as cartas poderão ser enviadas aos Correios até o dia 30 de novembro. “Os padrinhos terão prazo de até 5 dezembro para fazer a adoção e até o dia 10 para trazer a cartinha de volta. Já no dia 13 de dezembro queremos reunir todas as crianças aqui nos Correios para uma grande festa de confraternização. Nos últimos anos entendemos que só o presente não basta, por isso optamos por essa festa com distribuição de doces, sorvetes e refrigerante a todos”, disse Cruz,

O que mais tem chamado a atenção nos últimos anos, segundo ele, são os pedidos por alimentos e materiais escolares. Esse tipo de pedido mexe com a emoção das pessoas, que fazem questão de realizar o desejo das crianças. “Pelo levantamento que temos, pelo menos 30% dos pedidos são de materiais escolares e grande parte de pedido de alimentos. São coisas que fazemos questão de atender porque entendemos que quando a criança abre mão de um brinquedo no natal, é porque realmente a situação está muito difícil em casa”, afirma.

No entanto, há pedidos que são descartados por estarem fora do perfil da campanha. “São pedidos de eletrônicos ou presentes de alto valor econômico, que estão fora do perfil do projeto. O que orientamos é que as cartas sejam direcionadas a presentes coerentes e proporcionais, que vão beneficiar a criança de até 10 anos de idade e não a família.”

No dia da festa, a entrega dos presentes é feita pelo próprio Papai Noel às crianças, em uma grande interação entre todas.