Banco da Mulher já assinou dois contratos em Campo Mourão

A costureira Mauriane da Silva Araújo Pereira teve aprovado um crédito de R$ 5 mil para investimentos na ampliação da sua confecção – Foto: Divulgação

Lançado oficialmente pelo governo do Estado na terça-feira, dia 24, o Programa Banco da Mulher Paranaense, gerenciado pela Fomento Paraná, já liberou empréstimos para duas Micro Empreendedoras Individuais (MEIs) em Campo Mourão. Incentivar o empreendedorismo feminino em todos os setores econômicos é a finalidade do programa que além dos benefícios comuns aos MEIs, oferece 7 por cento de desconto no pagamento das parcelas de financiamentos em negócios que tenham mulheres como proprietárias ou sócias.

A costureira Mauriane da Silva Araújo Pereira teve aprovado um crédito de R$ 5 mil para investimentos na ampliação da sua confecção. Já Maria José dos Santos Martins vai utilizar os R$ 8 mil que conseguiu pelo programa para mudança e aquisição de móveis para o seu salão de beleza. Elas estão cadastradas na Casa do Empreendedor, que funciona na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e vão receber o dinheiro direto na conta.

As linhas de crédito são voltadas desde empreendedoras informais, autônomas e MEIs, com faturamento anual de até R$ 360 mil, até micro e pequenas empresas com faturamento anual de R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões. “O grande atrativo são as taxas de juros abaixo do mercado e outros benefícios que darão mais oportunidades para as mulheres tocarem seus negócios”, ressalta o secretário municipal Carlos Alberto Facco.

Os financiamentos poderão ser usados para construção, reforma, ampliação ou modernização de instalações; compra de máquinas, equipamentos e softwares; formação de estoques para manutenção de empreendimentos e também para custeio de treinamentos, consultorias, pesquisas, estudos e projetos, bem como projetos que envolvam energias renováveis.

TAXAS DE JUROS

As taxas de juro são diferenciadas. No microcrédito, para valores de R$ 1 mil a R$ 20 mil, a taxa é a partir de 0,98% ao mês, com 36 meses para pagar e carência de até três meses. Nas linhas para micro e pequenas empresas, com valores entre R$ 20 mil e R$ 500 mil, a taxa de juros é a partir de 0,48% ao mês. O prazo para pagar é de até 60 meses (120 meses para energias renováveis) e a carência incluída no prazo varia de três até 24 meses.

SERVIÇO

 Interessadas procurar a Casa do Empreendedor (Rua Harrison José Borges, 1360 – centro)