Legal Design e Visual Law, uma nova perspectiva de comunicação no campo jurídico

O Legal Design é discutido como uma ferramenta inovadora com possibilidades de aplicação em peças jurídicas. Com suporte da tecnologia, esse processo de inovação proporciona melhor comunicação com inserção de design para o universo jurídico, promovendo melhor interação e praticidade para os operadores do direito.

Lannes, Pimenta, & Valentini (2020), já evidenciam que, essa abordagem é conhecida e utilizada por várias áreas como design, administração, marketing e quando trazida para o universo jurídico ficou denominada como Legal Design Thinking.

É preponderante que a multidisciplinariedade se torna indispensável ao aprender conteúdos, ensinamentos e ferramentas de outras áreas para ser aplicada ao direito. Nesse sentido, surge o Legal Design, que são estratégias inovadoras de comunicação as quais podem ser aplicadas tanto em âmbito organizacional, gerando negócios, como na inclusão social ao gerar transparência em peças jurídicas ao proporcionar uma comunicação com o interlocutor de maneira clara, objetiva e de fácil compreensão.

Nesta perspectiva, Legal Design é uma ferramenta já considerada como o novo modus operandi da cultura digital, e busca trazer soluções inovadoras para o campo jurídico e estreitar o relacionamento entre os clientes.

Contudo, há de se considerar que o Legal Design vai além da comunicação com os usuários, e não se trata apenas de estabelecer um processo de comunicação clara e objetiva, mas também de projetar as instituições e oferecer produtos melhores.

Já o Visual Law, associado às práticas de Legal Design é a aplicação de elementos visuais tais como imagens, storyboards, infográficos e fluxogramas, para tornar o direito mais claro e compreensível (Vilela, 2021). Visual Law, veio para auxiliar nas soluções jurídicas e descomplicar o que antes era inacessível e estático. Neste contexto, entender o que o cliente precisa e, se fazer entender, nunca foi tão importante.

No entanto, pensar que o Legal Design e o Visual Law são a simples inserção de elementos do design nos documentos jurídicos é um engano. Para isso, a Faculdade Unicampo está com um grupo de pesquisadores do Direito (Prof.ª Me Joze Palani), Administração (Prof. Me Rosinaldo N. Cardoso) e Educação (Prof. Me Edson Ribeiro), em um laboratório de estudos a partir de uma nova teoria que será incorporada às discussões para melhor compreensão das propostas de comunicação no campo jurídico.

Logo, com o intuito de proporcionar um ambiente de interação e reflexão, será aplicada a inserção dos princípios provenientes da Teoria Cognitiva de Aprendizagem Multimídia.

Nesta concepção, em diversos aspectos, vê-se o emprego de inovação no processo de melhor compreensão na comunicação entre as pessoas, já que as estratégias utilizadas, são para melhorar o entendimento, usando da adoção de recursos distintos do tradicional. Para conhecer melhor o laboratório jurídico da Faculdade Unicampo, agende uma visita pelo telefone (44) 3016-7100.