Cívico-militar: mais dois colégios de CM são consultados 

Foto: Rafael Silvestrin/Tásabendo.com

Mais dois colégios estaduais de Campo Mourão passarão por consulta da comunidade escolar para decidir ser viram escolas cívico-militares ou não. São eles, Colégio Marechal Rondon e Osvaldo Cruz. As consultas acontecem nesta quarta e quinta-feira. 

Para migrar ao modelo cívico-militar, basta a aceitação de maioria simples dos votantes da escola, ou seja, 50% e mais um voto do total. Dois colégios de Campo Mourão já tiveram a aprovação na cidade, Darci José Costa e Unidade Polo. Já os colégios Antônio Teodoro de Oliveira e Vinícius de Moraes não aprovaram a mudança. 

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEED) lançou nesta terça-feira (10) o edital autorizando a realização da consulta pública em 16 colégios do estado. “Foram escolas que pediram para mudar o modelo tradicional e adotar o cívico-militar. Todas as comunidades escolares envolvidas nesta etapa – pais, alunos, professores, diretores e demais profissionais da Educação -, já foram avisadas antecipadamente pelos núcleos e pela secretaria do início da consulta”, explica Adriana Kampa, diretora de Gestão e Planejamento da secretaria, responsável pela organização da consulta pública. 

Nesta quarta, a participação começa às 11 horas e segue até 21 horas. Amanhã, o horário será das 8 horas às 21 horas.  

 

QUEM PARTICIPA  

Fazem parte da comunidade escolar professores, funcionários e pais de alunos matriculados na instituição. Caso o estudante seja maior de idade (18 anos), também participa da consulta.  

É preciso levar um documento pessoal para votar e pais ou responsáveis votam de acordo com o número de matriculados sob sua tutela na escola, ou seja, uma mãe com três filhos pode votar até três vezes. É recomendável que cada pessoa leve sua própria caneta para registrar sua assinatura. 

Para ter validade, mais de 50% das pessoas aptas devem participar da consulta.