Procon divulga pesquisa de preços de materiais escolares

Houve comparação de preços em três papelarias da cidade, sendo a Estudantil, a Livraria Roma e a Loja Giga. – Foto: Divulgação

O Procon de Campo Mourão realizou pesquisa de preços de materiais escolares para auxiliar os consumidores na hora da compra. Foram pesquisados, ao todo, 52 itens, incluindo cadernos, réguas, borrachas, caixas de lápis de cor, giz de cera, canetas, apontador, cola, giz de cera, papel sulfite e lápis preto (de escrever), entre vários outros.

Houve comparação de preços em três papelarias da cidade, sendo a Estudantil, a Livraria Roma e a Loja Giga.

A maior variação de preço foi apontada no caderno brochura desenho (651,61%).

A menor foi vista na agenda pequena (0,91%). As maiores variações de preços que ocorreram nesta pesquisa foram em decorrência das marcas dos produtos apresentados, portanto, fica um alerta do Procon/CM aos consumidores sobre a possibilidade de substituir as marcas em alguns itens que estejam com menor valor.

O Procon orienta sobre a importância do reaproveitamento de itens de anos anteriores, o que poderá gerar economia e colaborar também com o meio ambiente.

Informa também que além das empresas que participaram da pesquisa, existem outras lojas do gênero, e a variação dos preços poderá ser comparada antes da compra.  “Na hora das compras do material escolar, ao levar juntos seus filhos, os consumidores terão a oportunidade de ensiná-los a participar do orçamento familiar, com o pensamento que há um limite máximo para gastar, para que posam ajudar a fazer as compras da lista, pensando na melhor maneira de economizar. Importante também que se observem qualidade, durabilidade e segurança dos produtos, para as diferentes faixas etárias”, explica Jurema Lopes Lorena Portes, diretora do Procon Campo Mourão.