Acicam reforça recomendação de medidas preventivas ao comércio

A Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam) divulgou comunicando alertando os empresários locais no sentido de que mantenham todas as medidas preventivas contra a Covid-19 recomendadas pelos órgãos de saúde. Estabelecimentos têm sido multados pela fiscalização municipal por não acatarem as exigências estabelecidas e o surgimento de novos casos da doença foi registrado na cidade e na região nos últimos dias.

O presidente da entidade empresarial, Ben-Hur Berbet, salienta que as lojas e demais empresas precisam cumprir rigorosamente as normas determinadas. “É preciso que os comerciantes e empresários em geral de Campo Mourão acatem todos os cuidados indicados pelos órgãos de saúde para se evitar a propagação da doença, que pode levar a implementação de medidas mais drásticas”, observou o líder empresarial.

A preocupação é que o descumprimento das medidas por alguns poucos leve a penalização de todo o comércio. Ben-Hur destaca que a grande maioria das empresas vem cumprindo rigorosamente os cuidados recomendados e que o momento não permite descuidos ou desleixo por parte de uns poucos.

O presidente da Acicam enfatiza ainda que também a população precisa acatar as medidas preventivas para conter o número de casos de Covid-19. “Infelizmente verificamos muitos abusos no dia a dia. Para que a situação seja mantida sob controle é preciso a colaboração de todos e não apenas do comércio”, acentua.

REFLEXOS

A Acicam tem realizado um monitoramento dos reflexos da pandemia de Covid-19 na economia local, sobretudo no que diz respeito a postos de trabalho. No último levantamento realizado junto a cerca de 30 escritórios de contabilidade da cidade, abrangendo aproximadamente 140 empresas, foram contabilizadas cerca de 450 demissões e 500 casos de redução salarial.

Levando-se em conta o número de empresas existentes na cidade – apenas a Acicam tem cerca de 1.200 associados – e o reduzido universo pesquisado, a stimativa é de que a crise provocada pelo Covid-19 e que chegou levar ao fechamento do comércio e adoção de severas restrições a outros setores da economia, tenha provocado milhares de demissões, suspensão de contratos de trabalho e redução de salários.

“Manter a pandemia sob controle em Campo Mourão, com as atividades econômicas em funcionamento, é possível. Basta um maior grau de consciência por parte de todos”, conclama o presidente da Acicam. “Aqueles que podem ficar em casa, que não saiam, principalmente idosos e pessoas com problemas de saúde que são mais afetadas pelo Covid-19. Que todos usem máscaras, lavem as mãos sempre que possível, utilizem álcool para higienizar as mãos, mantenham o distanciamento indicado. Essas medidas, desde que observadas, podem evitar o agravamento da situação atual e futura”, finaliza Ben-Hur.