Professora Dalva é eleita presidente da Academia Mourãoense de Letras

Dalva Helena de Medeiros, é professora da Unespar

A professora Dalva Helena de Medeiros, da Unespar, é a nova presidente da Academia Mourãoense de Letras. A eleição, realizada de forma remota por causa da pandemia, aconteceu nesta quinta-feira. A vice-presidente será Marlene Kohts.

A nova diretoria será empossada no próximo dia 3 de abril às 19h30, também de forma remota, com transmissão ao vivo. Dalva substituirá o professor Fabio Sexugi, que dirigiu a AML no biênio 2018/20.

Os demais eleitos são: Secretário Geral: Jair Elias dos Santos Jr; Primeira Secretária: Hermínia Camargo Perdoncini; Tesoureiro Geral: André Pintaro; Primeiro Tesoureiro: Leandro Moreira; Orador: Arleto Rocha; Cooradora: Silvania Maria Costa; Diretor do Acervo Bibliográfico: Gilson Mendes de Gois.

HISTÓRIA

A Academia Mourãoense de Letras foi fundada em 8 de junho de 2001 e instalada em 21 de maio de 2002, em evento realizado no Teatro Municipal de Campo Mourão, que foi presidido por advogado e escritor Túlio Vargas, da Academia Paranaense de Letras.

Na ocasião, empossou os primeiros dez membros fundadores e seus respectivos patronos de cadeiras, bem como oficializou o Prof. Rubens Luiz Sartori como primeiro presidente, coroando o trabalho desenvolvido durante um ano, pela comissão de implantação presidida pela Prof. Sinclair Pozza Casemiro.

A Academia Mourãoense de Letras tem por finalidade, o cultivo, a preservação e a divulgação do vernáculo e da literatura, nos seus aspectos científico, histórico, literário e artístico, podendo participar de iniciativas úteis ao desenvolvimento cultural de Campo Mourão, do Paraná e do Brasil.

Quem já presidiu a AML

Rubens Luiz Sartori (2002/04)

Francisco Irineu Brzezinski (2004/06)

Aroldo Tissot (2006/08)

Cida Freitas (2008/10)

Gilson Mendes de Gois (2010/12)

Jair Elias dos Santos Júnior (2012/14, 2014/16) Ester de Abreu Piacentini (2016/18)

Fábio Sexugi (2018/20).