Após confusão em assentamento de Peabiru, PM apreende facas e revólver

Um revólver calibre 32 e duas facas foram apreendidos por policiais militares, no início da tarde dessa terça-feira, no assentamento Canaã, no município de Peabiru. Ninguém foi preso durante a ação da PM.

A ocorrência teve início quando um integrante do assentamento entrou em contato com a PM e informou que integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estariam medindo lotes na fazenda Rio da Várzea, e que haviam invadido seu terreno para fazer novas demarcações. A situação teria gerado atrito entre as partes. Além disso, o homem também relatou que no local havia pessoas armadas.

Ao chegar à fazenda, os policiais se depararam com cerca de 100 pessoas. Após os relatos das partes sobre o ocorrido, ficou decidido que o assunto seria tratado em uma assembleia a ser realizada entre os integrantes.

Logo na sequência, os policiais realizaram uma busca no local e encontraram duas facas e um revólver calibre 32 municiado. Como não foi possível identificar quem escondeu as facas e a arma de fogo, não houve encaminhamento de pessoas, sendo apenas os objetos apreendidos e apresentados na delegacia de Peabiru.