Acusado de estuprar criança em Barbosa Ferraz volta à prisão

População foi às ruas protestar após acusado ter sido solto pela justiça, no início desse mês

O ex-servidor público de Barbosa Ferraz, de iniciais D.T., 63 anos, voltou a ser preso pelo crime de estupro de vulnerável, ocorrido naquele município. Assim que o caso veio à tona, no início do mês, o acusado chegou a ser preso, no dia 9 de abril, mas no dia seguinte já havia sido solto por decisão da justiça.

A liberdade do suspeito gerou grande revolta na cidade, a ponto de um grupo de pessoas sair às ruas com faixas de protesto, pedindo justiça. Devido a repercussão negativa causada pela soltura, o Tribunal de Justiça voltou atrás e determinou que D.T. voltasse para a prisão.

Com isso, ele se apresentou no sábado na 9ª Subdivisão Policial de Maringá, onde permanece detido. A Polícia Civil deverá encaminhá-lo para a cadeia de Barbosa Ferraz durante essa semana.

O CASO

O ex-servidor público do município foi preso no dia 9 de abril, após a Polícia Civil receber denúncia de que o idoso abusava da sobrinha neta, de 8 anos, há pelo menos cinco anos.

Durante as investigações, o delegado Carlos Gabriel Stecca, declarou que o acusado já responde por outro crime semelhante. De acordo com as informações, a criança era ameaçada pelo acusado para não contar dos abusos à família.

No dia em que ele foi preso, os policiais apreenderam ainda um celular e um notebook, os quais foram encaminhados à pericia para verificar se não há conteúdo de pornografia infantil. Também foi apreendida uma espingarda calibre 22 com munições em sua casa. A arma seria registrada. (Informações: Blog do Adrialdo)