Homem é morto por mulher com quem se relacionava, em Araruna

Um homem de 51 anos, identificado por Miguel Ferreira, foi morto a facãozadas, em Araruna, na noite deste domingo para segunda-feira. A mulher com quem ele passou a se relacionar após separar-se da esposa, assumiu a autoria do crime. Ela foi presa na manhã de hoje, após a polícia encontrar o corpo da vítima.

A vítima, já sem vida, foi encontrada por volta das 06h20 desta segunda-feira, na área da frente da sua casa. No local os policiais encontraram a ex-mulher da vítima e o filho do casal.

Ela disse que havia se separado de Ferreira, na semana passada, após saber do envolvimento do companheiro com a mulher, agora acusada do crime. Ontem à noite, a ex-mulher disse ter visto a suspeita em frente a casa da vitima.

Ao ser localizada, em uma chácara, a mulher acusada do crime negou a autoria, porém, após os policiais chegarem até o filho dela, os fatos foram se esclarecendo. As suspeitas aumentaram quando os policiais encontraram o carro do rapaz, um GM/Corsa, com manchas de sangue, em uma oficina.

O rapaz então admitiu a culpa da mãe e ela confessou o crime, dizendo que teria ido até a residência da vitima onde tiveram um desentendimento. Na confusão, ele teria ferido sua mão com um facão e a jogado numa cama.

Ela então, ao tentar se defender disse que acabou ferindo a vitima no pescoço. Em seguida teria ido embora acompanhado do seu filho. Os dois contaram que a arma do crime estava na chácara onde residem. Os policiais  foram ao local e fizeram a apreensão. Mãe e filho foram levados para a delegacia da Polícia Civil de Peabiru, onde também foi entregue a arma usada no crime.