Estacionamento rotativo é mais um marco da evolução da cidade

Foi lançado na manhã desta quinta-feira (15), o estacionamento rotativo em trecho da área central de Campo Mourão. O primeiro dia de entrada em vigor do novo sistema já foi possível observar as sobras de vagas na área da chamada “zona azul”. Uma cerimônia no escritório da empresa concessionária do serviço marcou o lançamento, com presença do prefeito Tauillo Tezelli, secretários municipais e vereadores.

“Já podemos observar que o objetivo principal está sendo atingido, que é ter espaço para aquele consumidor do comércio central que vai ficar pouco tempo estacionado. É mais um marco de evolução da cidade”, analisa o diretor da Diretran, Luiz Antonio Sminka. Nesta primeira etapa a cobrança de tarifa pelo estacionamento será nas áreas demarcadas entre as avenidas Goioerê e José Custódio de Oliveira e das ruas Araruna e São José.

Sminka ressalta que a Diretran e a empresa concessionária do serviço estarão à disposição para dirimir dúvidas dos usuários, assim como os monitores que estão nas ruas, uniformizados. Já está disponível o aplicativo nas lojas do Android e iOS. Basta pesquisar por PARE AZUL. Também podem ser comprados créditos nas empresas credenciadas, que já começa com 50 pontos de vendas.

Em cada placa há o “QR code” com o endereço do site para a aquisição dos créditos. A página já está disponível e o usuário poderá acessar as informações em pareazul.com.br/campomourao. O horário de funcionamento do estacionamento rotativo regulamentado por decreto será de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas e aos sábados das 9 às 13 horas.

VALORES – As tarifas para o estacionamento rotativo de veículos de duas rodas serão R$ 0,50 a cada meia hora. Veículos com quatro rodas pagarão R$ 1,00 a cada meia. Em ambos os casos o tempo máximo é de duas horas. Não estão sujeitos ao pagamento das tarifas previstas os veículos prestadores de serviços públicos essenciais, desde que comprovadamente em serviço de urgência e emergência.

Também ficam isentos de pagamento veículos de socorro médico e incêndio, transporte de carga e descarga de bens e valores bancários; transporte de combustíveis, coleta de lixo; manutenção de emergência em empresas, residências e em vias públicas das redes de energia, telefonia, esgoto sanitário e pluvial e de abastecimento de água.