Casos de coronavírus aumentam na região e preocupa Regional de Saúde

Enquanto Campo Mourão tem mantido sob controle os casos de coronavírus, a situação na região da Comcam é que começa a preocupar a 11ª Regional de Saúde. Nesta quarta-feira, foi a vez de Quarto Centenário registrar o primeiro caso da doença, elevando para onze os municípios com casos positivos da Covid-19.

O chefe da 11ª Regional de Saúde, Eurivelton Wagner Siqueira disse que a propagação do vírus na região já era esperada, após a abertura do comércio. “Com a reabertura do comercio já era esperado que isso viesse a acontecer, pois o vírus está em circulação. Da nossa parte, a orientação é que os municípios mantenham suas equipes de vigilância epidemiológica em atividade, com monitoramento e isolamento dos casos assintomáticos”, disse ele.

A orientação de Siqueira é para que não haja relaxamento em relação aos cuidados preventivos. Ele pede para que os municípios estejam sempre atentos às orientações que são periodicamente atualizadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA).

“Quem abriu o comércio deve fortalecer os cuidados de higienização de mãos e não permitir o acesso de ninguém sem o uso da máscara. Se não houver a colaboração de todos e os casos continuarem aumentando, os prefeitos terão que retomar medidas mais duras, com fechamento do comércio, causando novamente impacto negativo na economia. Por isso não é hora de relaxar nos cuidados”, adverte.

Além de Quarto Centenário, Luiziana já registrou o terceiro caso de coronavírus no início dessa semana, assim como Mamborê e Iretama, também com três. Campina da Lagoa, Terra Boa e Ubiratã registram um caso, enquanto Peabiru e Terra Boa contam com dois pacientes contaminados cada um.

Goioerê está com cinco registros da Covid-19 enquanto em Araruna os casos dispararam, chegando a 20, perdendo apenas para Campo Mourão, com 50.