Servidores definem pauta de reivindicações com 25 itens

Foi realizada na manhã deste sábado, dia 10 de fevereiro, a assembleia geral dos servidores públicos municipais de Campo Mourão. Participaram diversos Servidores da Ativa do Executivo, Poder Legislativo, Autarquias, Fundações, Aposentados/as e Pensionistas e definiram a data-base 2018.

A pauta de reinvindicações conta com 25 itens, eles serão protocolados junto a Administração Municipal até o dia 20 de fevereiro. Entre as solicitações está o pedido para a existência de uma mesa de negociação permanente entre o executivo, legislativo e o sindicato.

Entre os itens da pauta, consta a reposição da inflação e reajuste salarial em 7%, a solicitação de projeto de lei para a Recuperação Financeira da Previdência Municipal dos servidores, Tabela Única e Plano de Carreira do Magistério, Plano de Cargos e Salários para os Servidores Celetistas, adicional Periculosidade para Vigias e Eletricistas, adicional aos agentes de saúde e endemias e também uma ampliação na Política de Segurança e Medicina do Trabalho.

Segundo o presidente Dione Clei Valério, a expectativa é que os diálogos avancem com a gestão municipal. “Esperamos que até dia 15 de março o Prefeito nos receba para uma conversa, queremos resolver as reinvindicações o quanto antes. Esperamos a sensibilidade do Prefeito, afinal, os servidores atendem toda a população” comentou o Presidente.

Dione ainda lembrou que muitas das solicitações vem sendo pedida a vários anos. “Temos reinvindicações que são da greve de 2012, temos protocolos de 2014 e assuntos que já negociamos ano passado, precisamos avançar nas conquistas, queremos ações concretas” afirmou.

Os servidores presentes também aprovaram que no dia 20 de Fevereiro o expediente será somente até as 15h. Eles se concentrarão em frente à prefeitura, e de lá sairão em caminhada até a Agência do INSS. A manifestação será contrária a Reforma da Previdência que será votada pela Câmara dos Deputados.