“Não é com alegria que assumirei a suplência”, diz Claudinei Grella

A cadeira deixada pelo vereador Edson Battilani (Cidadania), morto pelo coronavírus nesta quarta-feira, passará a ser ocupada pelo 1º suplente, Claudinei Grella. Na eleição de 2016, ele obteve 726 votos na coligação PPS-PSDB e ficou na suplência de Battilani.

Grella disse que assume o cargo no Legislativo, mas não com alegria. “Acabei de retornar do sepultamento do amigo Battilani e não é com alegria que assumirei a suplência, mas devido a uma triste circunstância isso se fez necessário. Contudo, assumirei com a consciência da responsabilidade que exige a função e diante disso buscarei fazer o meu melhor”, disse ele.

Grella exercia função de cargo comissionado na secretaria de Educação, na área de transporte escolar, mas havia se afastado para disputar as eleições desse ano. Ele também atua como líder religioso, no movimento Renovação Carismática Católica (RCC).

De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores, todos os trâmites que o momento exige serão acertados nesta quinta-feira de manhã durante a reunião da mesa diretora.