Mulher é morta a facadas e agressores também ficam feridos

Mulher foi morta com cerca de 20 facadas e morreu na ambulância do Samu – Foto: Rafael Silvestrin/Tasabendo.com

Uma briga iniciada em um bar no início desta madrugada teve desfecho trágico em Campo Mourão, resultando no assassinato de uma mulher, com cerca de 20 facadas. Os criminosos também ficaram feridos na confusão, com cortes nos braços e nádegas. O crime ocorreu na rua Francisco Beltrão, no Jardim Mário Figueiredo. A mulher morta foi identificada por Valdilei Pereira da Silva, 47 anos.

De acordo com as informações, após uma briga em um bar, na rua Vicente Domanski, no Jardim Santa Cruz, dois jovens envolvidos na confusão foram até a residência, onde supostamente moravam outras pessoas que participaram da briga. Os dois forçaram a porta e invadiram a casa, na tentativa de localizar seus desafetos.

Na residência, estava um casal e o filho menor de idade. O homem ainda tentou impedir a invasão dos agressores, mas não conseguiu e ainda foi ferido com um golpe de ferro. Ele correu para os fundos da residência com seu filho, mas a esposa, Valdilei foi atacada pelos marginais.

Ela estava deitada no quarto e entrou em luta corporal com os dois homens, mas foi morta com aproximadamente 20 facadas. Na confusão os agressores também foram golpeados. Um deles, maior de idade, foi ferido no braço e abdômen; o outro, um adolescente, levou uma facada nas nádegas. Não se sabe ao certo se havia mais pessoas na casa, que reagiram, ou se os dois se feriram sozinhos durante a confusão.

Em seguida, os dois foram até a esquina e acionaram atendimento médico.  A Polícia Militar, ao tomar conhecimento do fato, foi ao local e encontrou os jovens feridos e apreendeu uma faca com o maior de idade. O Samu chegou e atendeu os dois jovens, enquanto a equipe policial foi até a casa onde ocorreu o crime.

A mulher ainda estava viva, recebeu atendimento do Samu, mas não resistiu aos ferimentos. Os dois agressores foram atendidos no Pronto Socorro e depois encaminhados para a delegacia, onde a Polícia Civil vai apurar a ocorrência. Sendo confirmada a autoria do crime, os dois serão indiciados por homicídio.