Homem é preso por agressão contra a esposa

Mulher conta que foi arrastado no chão pelo companheiro – Foto: Rafael SIlvestrin/Tasabendo.com

O final de semana foi marcado mais um caso de violência doméstica em Campo Mourão. A vítima foi uma mulher de 34 anos e o autor, o seu companheiro, de 44 anos. O casal mora na Rua Apolinário Gorski, no Jardim Alvorada, onde ocorreu a agressão no final da tarde deste domingo.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos, que ouviram os gritos de socorro da mulher. A equipe da Rotam foi ao local e encontrou a vítima com vários hematomas pelo corpo e o olho bastante inchado. O agressor estava na casa e foi preso em flagrante.

De acordo com as informações, os dois foram ao centro da cidade à tarde e compraram cerveja, bebida que foi encontrada na residência pelos policiais. “Ela disse que depois de beberem a cerveja houve um desentendimento, e o marido a espancou violentamente. Segundo a vítima, já é a quarta vez sofre agressão do esposo, mas pela dependência financeira, não pode sair da casa”, contou o sargento J.Silva, comandante da Rotam.

O agressor inclusive tem mandado de prisão em aberto por estupro contra uma ex-companheira. Ele contou na delegacia que a briga foi motivada pelos estragos que sua esposa provocou em seu carro. “Ela quebrou o vidro do carro e a maçaneta e aí fui tirar satisfação”, conta ele.

A mulher disse que é agredida constantemente. “Desta vez ele me arrastou no chão, ameaçou me matar e por sorte a polícia chegou. Já não denunciei antes por causa das ameaças de morte que ele faz”, conta ela.

O sargento conta ainda que ele impede a mulher de trabalhar para forçá-la a permanecer em casa, sob sua dependência financeira. “Ela contou que quando começou a trabalhar, o marido foi até o local e brigou com a mesma, o que acabou provocando a sua demissão. Como não tem parentes na cidade, acaba ficando nas mãos dele. Orientamos ela a procurar medida protetiva para evitar esse tipo de situação, pois ela ficou bastante machucada”, informou o sargento.