Secretarias comandadas por mulheres administram metade do orçamento municipal

Dos R$ 556,6 milhões previstos no orçamento do município de Campo Mourão para 2022, mais de R$ 256 milhões são administrados por mulheres que comandam as pastas da Educação, Assistência Social, Administração, Meio Ambiente e Bem Estar Animal, Procuradoria Geral, Assuntos da Comunidade e a Previscam.

O maior volume de recursos está na Secretaria Municipal de Educação (mais de R$ 100 milhões incluindo o Fundeb), sob a gestão da equipe da secretária Tânia Caetano. Na Previscam, a superintendente Silvane Botega é responsável por um montante de R$ 86 milhões, repassados para pagamento dos servidores inativos. A secretária de Administração, Maria José, administra um orçamento de R$ 18,5 milhões.

Para a Secretaria de Meio Ambiente e Bem Estar Animal, comandada por Shelly Nogueira, o orçamento deste ano prevê R$ 23,7 milhões, enquanto para a Assistência Social, sob a gestão de Márcia Calderan, são R$ 13,1 milhões. Outros R$ 8,7 milhões ficam sob a gestão da advogada Alessandra Chirolli, na Procuradoria Geral e R$ 800 mil na Secretaria de Assuntos da Comunidade, comandada por Marley Formentini.

“Prestigiamos as mulheres tanto na gestão de recursos públicos, com cargos na estrutura administrativa do Poder Executivo, quanto no atendimento específico nas mais diversas áreas do serviço público voltadas ao público feminino”, enfatiza o prefeito Tauillo Tezelli, ao destacar a colaboração da vice-prefeita Fátima Nunes na administração municipal.