Saúde inicia novo levantamento de índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti

Dengue

Agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Mourão sairão a campo nesta terça-feira (28) para mais um Levantamento de Indice (LIRA) de infestação do mosquito Aedes Aegypti. A previsão é que o trabalho, que cobre toda a cidade, seja concluído no sábado (2 de julho) e o resultado será divulgado na próxima segunda-feira (4).

Este é o terceiro levantamento de Indice (LIRA), realizado este ano. O primeiro foi em janeiro e apontou uma infestação de 3,35 por cento, considerado de “médio risco”. No segundo, realizado em março, a infestação foi de 1,28 por cento, o que é considerado baixa incidência.  O índice considerado ideal pelo Ministério da Saúde é de menos de um por cento.

O coordenador do Comitê Gestor da Dengue, Carlos Bezerra, explica que o Levantamento de Índice é realizado por amostragem, por isso não são visitados todos os imóveis. “A cidade foi dividida em 33 localidades, onde são sorteadas quadras e nessas quadras coletadas amostras”, explica o coordenador, ao acrescentar que essa amostragem tem valor estatístico.

O índice de infestação será obtido a partir dos resultados das amostras analisadas em laboratório. Bezerra lembra ainda que além da infestação do vetor, o LIRA aponta os tipos de criadouros e de imóveis onde ele é encontrado. Atualmente a cidade está com 52 casos confirmados de dengue (dos quais 8 importados) e dois de zika vírus.

HISTÓRICO DA DENGUE – CAMPO MOURÃO

ANONº DE CASOSSITUAÇÃO
20134.800Epidemia
201435Surto
2015160Surto
2016/1º semestre52surto

 

Epidemia: Acima de 300 casos para 100 mil habitantes

Surto: abaixo de 300 casos para 100 mil habitantes