Premiações, homenagens e performances artísticas marcam os 40 anos da Casa da Cultura

Foto: Divulgação

A noite de quinta-feira (08), foi marcada por uma vasta programação em homenagem aos 40 anos da Casa da Cultura Thomas Edson de Andrade Vieira, comemorados nesta sexta-feira, 8 de outubro. Durante o evento foram premiados os vencedores do Concurso de Fotografias Imagens da Cidade, prestadas homenagens, entregues certificados a alunos da Casa da Música, além de apresentações artísticas.

Representantes culturais do início da década de 80 foram homenageados, entre eles o ex-prefeito Augustinho Vecchi, que era o gestor da cidade quando da construção do espaço cultural, em 1981. “Não se concebe o progresso, senão alicerçado na cultura de um povo. Esta casa acendeu a fagulha, indiscutivelmente, da cultura de Campo Mourão “, disse o ex-prefeito, presente ao evento.

O prefeito Tauillo Tezelli entregou uma placa a Vecchi e destacou sua contribuição para a cultura da cidade. “O movimento cultural da época convenceu o prefeito Augustinho que a cidade precisava da Casa da Cultura. São esses movimentos que definem as ações políticas do gestor na busca dos recursos. E hoje poucas cidades do Paraná tem um trabalho cultural como é realizado em Campo Mourão”, ressaltou o prefeito, ao lembrar que o evento marca a retomada das atividades prejudicadas pela pandemia.

Artistas e servidores da Cultura recepcionaram o público com performances diversas de música, circo, balet, teatro e exposição de trabalhos artísticos. Foi entregue também a premiação (troféu, certificado e dinheiro) aos vencedores do Concurso de Fotografias: Julia Malysz Lima (1º lugar) Giuliana Florêncio dos Santos (2º lugar) e Elivelton Fernandes Fazani (3º lugar). Na Categoria Foto Celular, a vencedora foi Beatriz Senger.

CASA DA CULTURA

Instalada em 8 de outubro de 1981, a Casa da Cultura foi projetada por Elio Rodrigues de Matos e a construção da obra começou em 1979. Com a inauguração tornou-se um marco na história cultural de Campo Mourão. Foi nesse local que tiveram início várias das ações culturais como Academia Municipal de Ballet, Biblioteca Pública, Conservatório de Música, Museu e Centro de Criatividade.

Na década de 80, na gestão do prefeito José Pochapski, a Casa da Cultura viveu um período de grande efervescência cultural e participação efetiva da comunidade em atividades como Coral Infantil, Bandinha Rítmica, cursos de pintura, xadrez, Banda Municipal e gravação de programas de TV e rádio.