Mourãoense sofre com falta de gás de cozinha

Mesmo quando chega uma carga, rapidamente é toda vendida por conta da alta demanda – Foto: Divulgação

A greve dos caminhoneiros acabou, o abastecimento de combustível normalizou nos postos de Campo Mourão, mas o gás de cozinha continua em falta no mercado. Um drama que parece não ter fim para muitos mourãoenses, que recorrem às redes sociais, perguntando aos amigos se alguém sabe onde pode ser encontrado o produto.

Mesmo quando chega uma carga ou outra, rapidamente todo o estoque se acaba, ficando muita gente sem ser atendida. A auxiliar administrativa da distribuidora Liquigás, em Campo Mourão, Patrícia Alves disse que a empresa recebeu a última carga na sexta-feira passada. “Chegou um caminhão com 1 mil botijões, mas logo já acabou e agora nem sabemos quando chega o próximo”, afirma ela.

Segundo Patrícia, além de Campo Mourão, a região também está sem gás. “Abastecemos toda a região da Comcam, por isso quando chega um caminhão acaba se tornando muito pouco. As cidades da região enfrentam o mesmo problema”, lamenta.

De acordo com Patrícia, as distribuidoras responsáveis pelo envase do gás, não estão conseguindo atender a demanda. “Depois da greve dos caminhoneiros aumentou muito a demanda. Quando o caminhão chega para carregar em Cascavel, a fila é muito grande e o estoque não é suficiente para todos. É difícil saber quando esse problema será normalizado.”

Distribuidores da Ultragás, Supergasbras, Centro Gás, além de outras marcas também estão sem estoque aos consumidores.