Domingo de Ramos marca abertura da Semana Santa para os católicos

Na Catedral São José, a celebração será presidida pelo bispo diocesano, dom Bruno Versari, – Foto: Divulgação

A Igreja Católica inicia neste domingo (10) a programação da Semana Santa, que lembra os últimos acontecimentos da vida de Jesus Cristo, além de sua ressurreição. A celebração conhecida pelo Domingo de Ramos lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, montado em um jumentinho.

Para recordar esta passagem bíblica, as paróquias ligadas à diocese de Campo Mourão realizam a procissão de ramos, antes da missa. Após a celebração, os ramos são levados pelos fiéis para casa ou guardados pela própria Igreja, para serem queimados na quarta-feira de cinzas, no ano seguinte.

CATEDRAL SÃO JOSÉ

Na Catedral São José, a celebração será presidida pelo bispo diocesano, dom Bruno Versari, às 09h30, começando no Colégio Vicentino Santa Cruz. Após os ritos iniciais, todos seguirão em procissão até a Catedral para dar sequência à missa.

Ainda no domingo, acontecem mais três celebrações na Catedral, às 7h, 17h e 19h, porém sem a procissão. O Domingo de Ramos marca a pré-abertura para o Tríduo Pascal, que acontece a partir de Quinta-feira Santa, com a missa de Lava-Pés.

Depois vem a celebração da Paixão, na Sexta-feira Santa (dia 15) e a Vigília Pascal, no sábado.      Apesar da pandemia estar sob controle, inclusive com liberação do uso da máscara em locais fechados, dom Bruno recomenda o uso da máscara nas igrejas, principalmente durante a Semana Santa.

Para o bispo, a Semana Santa é um momento especial para os cristãos, definido pelo religioso como o ‘Núcleo de nossa fé’. “Se celebramos a Paixão e morte de Jesus, na sexta-feira, no sábado a esperança se renova com a ressurreição. Daquilo, que aparentemente era uma pedra, um túmulo fechado, brota a esperança da vida para todos nós, por isso a Semana Santa representa o Núcleo de nossa fé”, afirma Versari.