Campo Mourão entre as 5 cidades do Brasil em evento da NASA

Das 36 cidades brasileiras que receberam a maratona de programação da agência espacial NASA International Space Apps Challenge, Campo Mourão ficou em 5º lugar em número de projetos validados pelo evento.
Foram 11 projetos, atrás apenas de Salvador (39), Campinas (21), Rio de Janeiro (15) e Juiz de Fora (12).

O evento, realizado de forma on-line no fim de semana, marcou o encerramento da programação do EmpreendeWeek 2021. Campo Mourão ainda ficou em 2º lugar no Paraná em número de inscritos no evento, com 101 inscrições e 16 equipes formadas. Além disso, contou com uma das únicas bancas de avaliação 100% femininas do país, com avaliadoras das universidades e dos habitats de inovação do município.

“É um evento que ocorre em seletos municípios de todo o país e simultaneamente em mais de 80 países, por isso coloca o nosso ecossistema de inovação de Campo Mourão em sinergia com a pesquisa e desafios de todo o mundo. Além disso movimenta universidades, voluntários, estudantes, pesquisadores e setor produtivo, deixando um legado muito importante para os jovens da cidade”, observa o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Akira Azuma, presidente do IDEA5 e líder local do Nasa Space Apps.

O NASA International Space Apps Challenge Campo Mourão foi realizado pela Associação de Empreendedorismo e Inovação IDEA5, fundada pela Fundação Educere, Sebrae, UTFPR, SICOOB e Prefeitura. Este ano o Empreende Week teve o patrocínio da FIEP e da Copel.

PROJETOS VENCEDORES
O projeto vencedor foi da equipe LAMP, formada por alunos da UTFPR: Felipe Archanjo da Cunha Mendes; Maria Eduarda Guedes dos Santos; Pamella Lissa Sato Tamura e Luis Felipe Galleguillos Campos. Eles apresentaram o projeto BOIA, uma plataforma de monitoramento guiada a partir de câmeras e rastreadores de satélite instaladas em bóias com um receptor GPS, IOT para rastrear o caminho dos resíduos plásticos no litoral brasileiro.

O segundo lugar ficou com a equipe de alunos do SESI de Cianorte, Cebolinhas: Bruno Carlos Comar; Maria Gabriela Amorim Ferreira; Filipe Ramos Fernandes Chagas; Helloá Nathálie; Maria Eduarda Ortega Maioli. O projeto chama-se SIPE (Sistema Inteligente de Plantio Espacial), para manter a nutrição de até seis tripulantes em viagens espaciais longas.

Por fim, o 3º lugar ficou com a equipe de alunos da UNESPAR Campo Mourão “Step 2-18”: Vanessa Suelen Alves dos Santos; Rafael Lima de Souza Siqueira; Felix Rodrigo Coutinho; Eros Dias Gonçalves; Barbara de Oliveira Coimbra Marques. Eles desenvolveram um projeto denominado SARC – Sistema de água resistente a catástrofes, destinado a populações que estão sujeitos a devastações e catástrofes ambientais, preservando a água da chuva e sistema de filtragem resistente para até 15 famílias.