Arquitetos do Instituto Jaime Lerner farão análise da mobilidade urbana de CM

A vinda dos profissionais foi solicitada pelo prefeito Tauillo Tezelli em recente visita ao Instituto, em Curitiba. – Foto: Divulgação

Os arquitetos Fernando Canalli e Gianna Rossi, do Instituto Jaime Lerner, estiveram em Campo Mourão nesta terça e quarta-feiras para conhecer a cidade e auxiliar a equipe técnica do município a elaborar projetos de mobilidade urbana. A vinda dos profissionais foi solicitada pelo prefeito Tauillo Tezelli em recente visita ao Instituto, em Curitiba.

“Viemos para conhecer e analisar os potenciais da cidade e auxiliar na proposição de possíveis correções referente a mobilidade urbana. Ficamos impressionados e otimistas com o que vimos, pois é uma cidade que tem controle sobre ela e uma economia pujante. Claro que sempre é possível melhorar e é isso que pretendemos ajudar a fazer”, enfatizou Fernando Canalli.

Ele lembra que a intenção é propor ideias visando a evolução da cidade nos próximos anos. “Há 40 anos ninguém poderia imaginar que a cidade chegasse ao que é hoje. Assim como ajudamos a melhorar Curitiba, então queremos ajudar a planejar os próximos 10 anos de Campo Mourão”, enfatizou o arquiteto.

Em relação ao trânsito, Canalli destacou a fluidez nas avenidas, mas chamou a atenção para as ruas transversais. “O sistema de cruzamentos transversais é um pouco diferente da maioria das cidades que conhecemos  e realmente é preciso prestar muita atenção. Mas de antemão já podemos dizer que ficamos surpresos com a educação das pessoas no trânsito, muito avançada em relação a outras cidades”, acrescentou.

O Instituto Jaime Lerner, entre outras atribuições,  atua na promoção de intercâmbio entre  cidades de modo a disseminar as boas experiências e despertar uma visão estratégica do potencial das cidades, buscando soluções inovadoras.