CM/Basquete inicia preparação para disputa da Liga Ouro

Guilherme Capelli disse que o torcedor mourãoense pode esperar um time bem entrosado e aguerrido – Foto: Clodoaldo Bonete/Tasabendo.com

O torcedor mourãoense acostumado com os grandes momentos do Campo Mourão Basquete na disputa da Liga Nacional pode se preparar para acompanhar a equipe novamente a partir de 2019, na Liga Ouro – Divisão Acesso para o NBB. Os preparativos para a retomada do projeto de retorno à principal competição brasileira de basquete, já está começando.

O supervisor do Campo Mourão Basquete, Guilherme Capelli do Nascimento disse que a diretoria da Amobasquete – Associação Mourãoense de Basquete – está fazendo um trabalho de recomeço para entrar forte na Liga Ouro. “É um trabalho de recomeço já na metade do caminho, mas que está bem trilhado para a disputa da Liga Ouro. A ideia é se estruturar bem para voltar forte para a essa competição”, disse Nascimento.

A Liga Ouro começa em fevereiro de 2019 e encerra no final de maio ou início de junho, reunindo cerca de 10 equipes, a maioria já bastante conhecida a nível nacional. No momento, a diretoria do Campo Mourão Basquete trabalha para fortalecer a parceria com as empresas. “É uma competição cara e precisamos captar os recursos necessários, que é uma das maiores dificuldades. Mas o torcedor pode esperar um time forte, aguerrido e bem entrosado, pois vamos lutar muito para colocar novamente Campo Mourão no NBB”, afirmou.

O dirigente explica que o torcedor mourãoense vai prestigiar grandes jogos novamente no ginásio Belin Carolo. Equipes como Osasco, Caxias do Sul, Rio Claro e até o Santos FC deverão estar no grupo que lutará para o acesso ao NBB. “Na reunião da semana passada o Santos manifestou interesse na Liga Ouro, assim como outros grandes times com o Rio Claro, Osasco e outros. Ou seja, tem tudo para ser uma grande competição, de altíssimo nível.”

Quanto ao elenco, Nascimento disse que o torcedor mourãoense pode esperar um grupo bem entrosado, independente dos nomes que vão compor o time. “O torcedor pode esperar uma equipe forte, claro que não dá para prometer resultado, mas vai ser um grupo bem montado, com jogadores que se completam e isso é o mais importante. Às vezes você traz atletas de nome e não é campeão, sendo que por outro lado vemos equipes montadas com jogadores mais desconhecido, porém entrosados com rendimento muito maior”, declara o dirigente.

Em breve a diretoria vai lançar as campanhas e as visitas junto aos parceiros para que, juntos, o projeto seja fortalecido para o retorno de Campo Mourão na Liga Nacional.