XVII Mostra Agronômica agitou o Câmpus do Integrado

Uma das novidades da Mostra neste ano foi a barraca dos formandos, que reuniu acadêmicos dos 9º e 10º períodos do curso de Agronomia. – Foto: Jonathan Santos

Estruturada como um dia de campo, a 17ª edição da Mostra Agronômica, realizada pelo Instituto Integrado de Ciência e Tecnologia (IN2), movimentou o Câmpus do Centro Universitário Integrado no último sábado (7). O evento, já tradicional no calendário da instituição, reuniu acadêmicos, alunos de colégios agrícolas, produtores rurais e grandes empresas do setor do agronegócio para troca de informações sobre as novas práticas e soluções em tecnologia rural.

A Mostra atraiu visitantes de várias regiões, como os alunos do Colégio Agrícola de Apucarana, que viajaram cerca de 150 km para participarem do evento. Para o diretor do colégio, Anderson José Belini, essa é uma oportunidade dos alunos terem contato com a realidade do mercado de trabalho. “Eventos como esse são essenciais para a formação dos nossos alunos. É o momento em que eles vão interagir já com o mercado de trabalho e também vão aprender a se comunicar de maneira técnica e adequada com o futuro cliente”, explica Belini.

O evento contou com a participação das empresas Corteva Agriscience, General Chemicals, Simbiose, Forseed, Spraytec, Bayer, INT, Polli, Inquima, Syngenta, Diamante Fertilizantes, Nufarm, Matsuda, AgroEnsaio, Camagril e Valta Kato Tratores. Para a reitora do Centro Universitário Integrado, Maria da Conceição Montans Baer, a participação de grandes empresas evidencia a importância que o evento vem ganhando a cada edição. “Eu tenho esperança de que a Mostra Agronômica se transforme em um verdadeiro show rural. Nós precisamos agradecer muito as empresas que estão aqui hoje, pois vocês enriquecem o nosso evento. Além disso, a participação de vocês traz oportunidades para os nossos acadêmicos de verem o que está sendo feito aí fora, as tecnologias e isso é muito importante para todos”, garante Maria da Conceição.

Para a coordenadora do curso de Agronomia do Integrado, Nádia Cristina de Oliveira, a Mostra é também um indicador da qualidade da formação ofertada pela instituição. “Estou muito feliz e realizada em ver tantos ex-acadêmicos representando as empresas parceiras, é um grande orgulho para nós, porque esse é o nosso objetivo, colocar pessoas competentes no mercado de trabalho”, comemora Nádia.

Uma das novidades da Mostra neste ano foi a barraca dos formandos, que reuniu acadêmicos dos 9º e 10º períodos do curso de Agronomia na apresentação de mini palestras com temas atuais e relevantes do Agronegócio. Para Gabriela Mazur, que está no 10º período do curso, o evento é o momento para treinar as apresentações em público e ter contato com as empresas parceiras. “Temos que encarar as apresentações ao público, então é uma prática diferente, a cada ano temos que nos aprimorar mais. Estamos nos preparando desde o ano passado, escolhendo os melhores temas de extensão rural para passar aos visitantes de uma maneira de fácil compreensão, para que eles levem pra casa pelo menos alguma coisa do que a gente está passando. É também um jeito de conhecermos o portfólio das empresas e nos colocarmos no mercado de trabalho”, avalia Gabriela.

O coordenador da Mostra Agronômica, o professor Leonardo Pim Petean, relembra que o evento tem sido a porta de entrada para muitos acadêmicos no mercado de trabalho. “A mostra faz com que os universitários tenham engajamento com as empresas parceiras, aprendam na prática as tecnologias e alcancem de forma mais efetiva o mercado de trabalho. Já tivemos vários acadêmicos que foram contratados pelas empresas parceiras após fazerem contato aqui na mostra”, conta Petean.