Prescila Francioli divulga sinopse de seu novo livro

A escritora mourãoense Prescila Francioli divulgou nesta semana a sinopse do livro “O Mistério de Gaya”, que ainda não tem data definida para lançamento oficial, devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Trata-se da terceira obra da autora, que anteriormente lançou os livros “Retratos de Uma Vida” e “Fogo e Chuva”.

O novo livro – que já está a caminho de Campo Mourão – constitui-se na última etapa do projeto “Caça ao Tesouro Literário”, que a escritora desenvolveu no segundo semestre do ano passado junto a alunos de quatro escolas públicas locais. A ação teve o apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura/Prefeitura de Campo Mourão.

O projeto teve a participação de 161 estudantes e desenvolveu atividades de leitura, redação criativa e relatos orais. Com a ação também foi estimulada a interação entre alunos, salas e colégios, incentivando a criatividades e o combate à timidez. A meta inicial era atender a 100 estudantes, mas o grande interesse despertado nos alunos levou a ampliação do público envolvido.

Participaram alunos das escolas municipais Monteiro Lobato (jardim Lar Paraná), Professor Domingos José de Souza (jardim Tropical I) e Mário Quintana (jardim Ione), bem como no Colégio Estadual Oswaldo Cruz (jardim Lourdes).

SINOPSE

“O Mistério de Gaya” traz para jovens, a partir de nove anos, uma história de aventura e caça ao tesouro. No decorrer da história, há enigmas, ao exemplo dos trabalhados com os 161 participantes do projeto, que além de serem desafios divertidos, também estimulam o cérebro.

O livro relata a história de uma menina de 12 anos – Pietra -, que procura mostrar a seus pais que é tão capaz como seus irmãos homens. Principalmente para a mãe, que vive a sofrer com o desrespeito do pai. Ela deseja que sua mãe perceba o quanto é maravilhosa e cheia de talentos. Mas, apesar de querer muito, nem sempre acredita ser capaz.

Nessa aventura, a menina encontra um pergaminho que indica uma trilha para desvendar os mistérios de Gaya. Ao lado do pássaro Azulão, ela convida os amigos Mário, Débora, Eduardo, Eloisa e Arthur para desvendarem os enigmas descritos no mapa.

Liderado por Pietra, o grupo parte em uma aventura perigosa e cheia de desafios que os faz lutar pela própria vida em busca do desconhecido e daquilo que acreditam. “Faça do seu medo uma motivação para vencer!” é a mensagem deixada pela obra.

A autora mourãoenses acentua: “É uma história que já provou, através dos participantes, com idades de 9 a 18 anos, que tem o potencial de envolver nas tramas dos acontecimentos fantásticos. Educa e diverte ao mesmo tempo”. Prescila Francioli já está listando os pedidos de reserva da obra infanto juvenil e a entrega será feita pessoalmente. Aqueles que adquirirem a obra receberão um marca página personalizado como brinde. Os pedidos podem ser feito pelo telefone (44) 99734 3300.

O PROJETO

Para despertar o interesse dos estudantes envolvidos no projeto “Caça ao Tesouro Literário”, as atividades foram desenvolvidas a partir de desafios. Por exemplo, encontrar um tesouro literário preparado e escondido pela escritora nas instalações da escola.

Encontrado o tesouro, as equipes recebiam atividades para desenvolver, que eram enigmas para serem decifrados e textos para serem lidos e finalizados, usando a criatividade de cada um. Na sequência, esses textos eram trabalhados por Prescila Francioli, que os imprimia e – através do decifrar dos enigmas – os alunos encontravam, liam e discutiam com a escritora e, juntos, concluíam o capítulo do livro.

As equipes eram contempladas com “agrados” durante os desenvolvimentos das atividades e o que não faltou foram manifestações espontâneas dos alunos envolvidos. Os temas abordados pelos estudantes nas redações nortearam a história contada no livro “O Mistério de Gaya”.

“Escrever este meu terceiro livro tendo os futuros leitores como espelho foi algo maravilhoso, pois via a reação deles a cada palavra lida. E de acordo com a reação, ia adaptando o texto, inclusive a partir de críticas e sugestões dos estudantes. O resultado final foi um livro adequado à idade desses estudantes”, explica Francioli.

As atividades do projeto estenderam-se ao longo de quatro meses e no dia 20 de novembro do ano passado aconteceu a premiação dos estudantes que se destacaram.