AML teve posse e concedeu Comenda Vida e Liberdade

Cerimônia de posse ocorreu na Câmara Municipal de Campo Mourão – Foto: Divulgação

A nova diretoria da Academia Mourãoense de Letras (AML) tomou posse no último sábado (9) durante solenidade na Câmara Municipal de Campo Mourão. O novo presidente é o professor Fábio Sexugi. Durante a solenidade a entidade entregou a Comenda Vida e Liberdade a professora Elly Brenner.

No discurso, Sexugi mencionou que era “um privilégio tomar posse nesta importante Academia Mourãoense de Letras. Sou nascido em Peabiru, filho de uma professora e de um coveiro, sou o primeiro acadêmico presidente fora de Campo Mourão. Sou um ´forasteiro´, sou daqui e de fora, pois aqui nesta cidade sou professor e em Peabiru estou vereador”.

Como metas de gestão, o novo presidente pretende expandir a Academia. “Propor parcerias, criar comissões específicas em diversas áreas, e como poeta, dar ênfase e incentivar a literatura e produções literárias”, enfatizou no discurso.

Para Fábio Sexugi, ocupar a presidência “é uma responsabilidade gigantesca assumir este cargo, mas com o apoio e participação de todos vamos atingir nossos objetivos. A Academia Mourãoense de Letras é um rico mosaico com escritores, jornalistas e comunicadores de qualidade, com trabalho intelectual para colaborar com o desenvolvimento cultural da nossa cidade e região”.

Sexugi substitui a escritora Ester de Abreu Piacentini, presidente no biênio 2016/18. E terá na sua diretoria como vice-presidente Dirce Bortoti Salvadori; secretário-geral Jair Elias dos Santos Júnior; primeira-secretária Nelci Veiga Mello; tesoureira Cristina Schreiner Mota; primeira tesoureira Giselta Veiga; diretores de Biblioteca Gilson Mendes de Góis e João Maria de Lara; oradores José Eugênio Maciel e Edcleia Basso.

Emoção

Durante a sessão solene, a professora Elly Brenner recebeu a Comenda Vida e Liberdade. Ao discursar, citou que era “um momento de muita gratidão e felicidade este que estou vivendo, muito obrigada a todos”.

A Comenda Vida e Liberdade é a maior honraria concedida pela​ entidade​ e foi entregue a professora por sua dedicação na formação de mourãoenses, por meio da alfabetização. Demonstra ainda o reconhecimento às personalidades que contribuíram e continuam contribuindo, sobretudo, para o desenvolvimento da educação e da cultura.