Autuado por crime ambiental, homem tenta atirar em policiais em Peabiru

Após ser autuado pela prática de crime ambiental em Peabiru, um homem de 50 anos pegou uma arma e puxou o gatilho ao menos seis vezes na tentativa de atingir os policiais, porém a arma falhou.

O caso ocorreu ontem, durante a realização de patrulhamento aéreo juntamente com Batalhão de Operações Aéreas na área da 3ª Cia de Polícia Ambiental. Os policiais constataram diversos pontos de desmatamento, entre eles, uma área com significativo dano chamou a atenção da equipe em Peabiru.

Na vistoria técnica no local foram constatados diversos danos ambientais, como a supressão de aproximadamente 1 hectare de vegetação nativa do bioma Mata Atlântica, utilização de fogo, tubulação de um curso d’agua e descarte irregular de embalagens de agrotóxicos.

Os policiais localizaram o infrator que reside em Peabiru, o qual recebeu a equipe e foi informado dos procedimentos a serem tomados acerca dos danos ambientais por ele cometidos.

Logo em seguida, o homem disse que iria buscar um documento e ao retornar aproximou-se da equipe sacando um revólver e efetuando seis disparos, os quais não deflagraram.

Ainda bastante alterado, o homem foi algemado após o uso de força, preso em flagrante e conduzido para a delegacia de Peabiru, juntamente com a arma utilizada, um revólver Rossi, calibre 32, com a numeração suprimida.

Além do crime de tentativa de homicídio, o preso responderá por todos os crimes ambientais citados anteriormente, bem como receberá as respectivas autuações administrativas. Os policiais tiveram algumas escoriações leves e passam bem.