Produtoras Familiares recebem capacitação em Produção Artesanal de Alimentos

O evento contou com a participação de 15 produtores(as) da agricultura familiar daquela comunidade – Foto: Divulgação

Na semana passada, ocorreu na capela São José, do distrito de Ourilândia, em Barbosa Ferraz, o curso de Produção Artesanal de Alimentos. O evento contou com a participação de 15 produtores(as) da agricultura familiar daquela comunidade.

Contendo carga horária de 16 horas, a capacitação teve o seguinte conteúdo programático: Conceito de frutas; Frutos climatéricos e não climatéricos; Períodos de safras das frutas no

Paraná; Métodos de conservação; Adição de soluto; Exaustão, Branqueamento, Esterilização; Pasteurização; Desidratação; Embalagens; Rotulagens; Medidas e receitas.

A condução do curso foi da instrutora – Tecnóloga em Alimentos – Cleidimar Rocha de Oliveira, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Paraná (SENAR-PR).

Para ela, o curso possibilitou que os participantes conhecessem diversas técnicas de preparo de alimentos e trabalharam a autoestima buscando despertar o lado empreendedor do grupo. “Portanto a iniciativa tornou o curso bastante proveitoso pelo nível de envolvimento de seus integrantes,” observou Oliveira.

Durante o curso, os participantes aprenderam a maximizar o aproveitamento dos frutos e das cascas dos frutos para fazer doces para conserva, principalmente em épocas em que não há a

produção de determinado fruto. Conheceram e aplicaram técnicas de boas práticas de higiene, entenderam os benefícios gerados para saúde e os ganhos em qualidade para a produção, além do aprenderem deliciosas receitas de doces e conservas.

Para o produtor Idelson Martins Meira, 56 anos, “o desejo da comunidade é se profissionalizar para desenvolver a agroindústria no distrito, gerando renda e melhoria na qualidade de vida de seus moradores”.

Meira ainda destacou a importância das parcerias na vinda do curso para o local, o que resultou em conforto e valorização para a comunidade, concluiu.

Para Marcos Roberto de Brito, do instituto Emater, o desenvolvimento de produtos baseados nos métodos de conservação de alimentos é um dos principais objetivos do curso. Para ele, a qualificação é o caminho para capacitar os produtores a enfrentar os desafios de um mercado cada vez mais exigente, concluiu.

O evento contou ainda com a participação do Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcílio Pinto Barbosa e Ana Paula Luciane do Sindicato Rural de Barbosa Ferraz que se colocaram à disposição dos produtores para auxiliarem em suas demandas. A realização é uma parceria: SENAR, Sindicato Rural de Barbosa Ferraz, Secretarias de Ação Social e Agricultura e Meio Ambiente de Barbosa Ferraz e Emater. (Com informações: Instituto Emater – unidade municipal de Barbosa Ferraz)