Trânsito

  Colégio Adventista

Polícia quer saber por que motorista de ônibus estava a 100 km/h

Publicado em 5 de janeiro, 2017 às 11:15

A Polícia Civil pretende colher depoimento do motorista de ônibus, Denis Vieira dos Santos, 41 anos, nesta quinta-feira (5).

De acordo com informações apuradas pela reportagem, o condutor da Expresso Maringá ainda está internado. A previsão de alta é para as 10h de hoje. Assim que sair da unidade, ele deve ser levado para a delegacia.

O delegado Marcelo Trevisan, da Polícia Civil de Campo Mourão, informou que há várias hipóteses a serem investigadas; imprudência, imperícia e negligência, por exemplo.

O ponto de partida para as investigações será a declaração de Denis. “Queremos saber se ele dormiu ao volante, se estava correndo de algum bandido, já que é comum o número de assaltos naquele trecho ou se houve problema mecânico”, completou.

A única informação confirmada, até agora, é da velocidade em que o veículo estava no momento da saída de pista: 100 km/h, conforme registro do tacógrafo.

O acidente na BR-168 aconteceu na madrugada desta terça-feira (3) e deixou sete pessoas mortas e mais de 30 feridos.

*Fonte: Massa News
Hamburgueria Thiago Lateral Notícia
Cipronenge Quadrado
CNA
Planeja 17
Centro Diesel
Unicampo
Pet Center
Carraro Advogados

Comentários

Up Vet
Voltar ao topo