Escolas devem relacionar professores para receber vacina contra gripe

vacina-gripe

A Secretaria Municipal de Saúde de Campo Mourão já enviou às escolas municipais, estaduais e privadas da cidade o modelo de declaração que deverá ser preenchida com os nomes e CPF dos professores para que sejam atendidos na Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe. Essa é a primeira vez que professores de todo o país serão incluídos como público-alvo da Campanha do Ministério da Saúde.

Segundo a enfermeira Edina Simão, as doses estarão disponíveis para a população de 17 de abril a 26 de maio. “A declaração serve para comprovar que é professor e assim ter acesso à vacinação”, explicou a enfermeira Edina Simão. Segundo ela, a meta do município é imunizar 25.679 pessoas.

Além dos professores, também devem ser imunizados crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos, idosos, gestantes, puérperas (mulheres até 40 dias após o parto), trabalhadores da saúde e pessoas com algum tipo de comorbidade (doenças relacionadas).

O dia D, conhecido pela mobilização nacional, está previsto para o dia 13 de maio. Em geral, a vacina protege contra três vírus de gripe, definidos a cada ano pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de acordo com o cenário epidemiológico. Entre eles, está o H1N1, cujos casos tiveram aumento no ano passado.