“As estações da nossa vida”, por Vanessa Santos, na coluna “Por escrito”

Vanessa Santos editada

Como é linda a primavera da nossa vida, como é colorida! Estamos florescendo, o nosso jardim é bem cuidado, pois seguimos cada instrução que Deus nos dá, sobre como cultivá-lo. E assim florescemos, é perceptível o doce aroma de Jesus em nossas vidas.

É chegado o verão, nossos dias se tornam grandes e estamos empenhados a fazer muitas coisas, com alegria e determinação, colocamos nossos planos em prática e não deixamos que alguns pingos ou a chuva toda, nos impeça de sair de onde estamos e chegar onde queremos, pois quando a chuva acaba, aparece um lindo arco-íris. Estamos firmes, inabaláveis.

De repente surge o outono, assim como a temperatura, nossas emoções já não são as mesmas. Nossa motivação acabou e aos poucos, nossas folhas e frutos vão caindo.

Sem se dar conta, estamos no inverno das nossas vidas. Nos tornamos frios, nos isolamos e queremos fugir de nós mesmos, abandonamos nosso jardim. Tudo se tornou triste e não há nada que aqueça o nosso coração. Perdemos nossas forças e nos distanciamos de Deus e das pessoas. E assim como as flores, nós também morremos. Somente nossa raiz permanece viva, porém escondida.

Mas, se nós nos rendermos ao Senhor e buscarmos a sua face, ainda que sem forças, ele muda nossa vida, não importa em qual estação nós estejamos. Pois ele acende uma chama em nosso coração, que o aquece no mais profundo inverno. E quando surge a primavera, aprendemos como cuidar do nosso jardim particular, onde a terra seca que foi castigada pelo inverno é arada com a graça, adubada com a fé e regada com o amor.

Dessa forma estaremos preparados, para passar por todas as estações e transformações que ocorrem em cada uma delas, sem que a essência se perca. Seremos determinados e fortes como jardins cultivados em terras férteis que produzem bons frutos.

Vanessa Pereira Dos Santos tem 24 anos, é estudante do curso de Administração da Faculdade Integrado de Campo Mourão, nascida em Roncador-PR, é moradora de Campo Mourão – PR.

Participe da coluna “Por escrito”! Mande seu texto (artigo, poesia, prosa, crônica, etc), com foto e breve biografia para [email protected]