Programa “A União Faz a Vida” reúne professores e agentes públicos para debater sobre educação

imagem_release_917193

Docentes puderam vivenciar metodologia do Sicredi e tirar dúvidas sobre projetos realizados em sala de aula

A Cooperativa Sicredi Vale do Piquiri ABCD PR/SP, por meio do programa “A União Faz a Vida” reuniu, nos dias 10 e 11 de abril, 50 profissionais da área de educação ligados a escolas públicas, particulares e Sesi (Serviço Social da Indústria), para debater temas relacionados ao setor de pedagogia em Palotina PR. Estiveram presentes secretários da pasta, diretores e coordenadores locais.

A essência do programa é desenvolver cidadãos cooperativos por meio de valores como o empreendedorismo e a solidariedade. Os temas debatidos durante as 16 horas de evento foram a metodologia da pedagogia ativa, as expedições investigativas, que tratam de subsídios para o conhecimento do território e projetos de trabalhos cooperativos, a adoção da perspectiva interdisciplinar e comunidade de aprendizagem, além da análise de interações sociais da rede de compromisso.

Durante o curso, os professores puderam vivenciar a metodologia e tirar dúvidas sobre as etapas de realização dos projetos vividos em sala de aula. O professor Sérgio Vale da Paixão, orientador das atividades, destacou a importância do diálogo e da participação dos agentes de educação. “A metodologia do programa é dinâmica e, com isso, vale a pena conversar constantemente para ajustar detalhes. Os professores se mostraram bastante interessados em viver essa experiência”, disse.

A gerente de Programas Sociais da cooperativa, Cláudia Bonatti, apontou para alguns dos motivos da ação. “A formação teve o objetivo de fazer uma revisão na metodologia e conversarmos sobre a evolução do “Programa A União Faz a Vida” em nossa região”, comentou. O Sicredi investe nas futuras gerações por acreditar que contribui para uma sociedade mais cooperativa e empreendedora.

Para a secretária de educação do município de Pérola, Maria Sonia Celini, o encontro se mostrou positivo e alertou para o aprendizado contínuo do corpo docente. “O evento permitiu não só rever a metodologia, como também verificar o que há de novo e o que podemos incluir nos programas para torná-lo ainda melhor”, destacou.

Ao final do encontro, houve a apresentação do coral “Vozes do Céu”. Atualmente, o programa conta com 219.866 crianças e adolescentes, 18.743 educadores presentes em 1.428 escolas, 274 municípios e o apoio de 61 cooperativas.