Palestra marca o Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nesta quinta

O dia 18 de maio é uma data de mobilização em todo o país para o Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Para marcar a data, a Secretaria Municipal de Ação Social promove nesta quinta-feira, a partir das 19h30, no Teatro Municipal, a palestra “O que é um trauma e como ajudar a criança e o adolescente a superá-lo”. O palestrante será o psicanalista e hipnoterapeuta Gastão Ribeiro, criador do espaço Trauma Infantil, em Belo Horizonte (MG).

“Essa é uma oportunidade de capacitar profissionais e informar o público em geral sobre esse grave problema que aflige a nossa sociedade em todas as camadas sociais”, enfatiza o vice-prefeito e secretário de Ação Social, Beto Voidelo.

Ele lembra que a data visa mobilizar e convocar a sociedade para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. Apenas no ano de 2014 foram registradas 24.575 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes no Brasil. Desses casos, 19.165 foram de abuso e 5.410 de exploração sexual infantil.

A data de 18 de maio foi escolhida porque neste dia, em 1973, uma menina de oito anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos.  Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência. Na sexta-feira, dia 19, será realizado um treinamento à rede de atendimento do município, com profissionais da área.