MP discute com prefeitos implantação de cortina verde em municípios da região

DCIM100MEDIADJI_0314.JPG

A promotora de Justiça da Comarca de Campo Mourão, Rosana Araújo de Sá Ribeiro, discutiu com prefeitos da região a implantação de uma cortina nos municípios que compõem a Coordenação Regional da Bacia Hidrográfica do Alto Ivaí, para prevenção do leito quanto ao uso de agrotóxicos. A discussão fez parte das ações do projeto da promotoria de Meio Ambiente, “Rede Ambiental”. O tema foi debatido durante uma audiência na sede da Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam), na última semana.

Durante o encontro, a promotora abordou as vantagens do projeto e disse que o objetivo, além da preservação do meio ambiente, é cuidar da saúde humana. Ela abordou ainda sobre medidas de prevenção para contenção dos agrotóxicos na população e meio ambiente.

Rosana, que organiza os trabalhos da Coordenação Regional da Bacia Hidrográfica do Alto Ivaí, comentou que alguns gestores vêm apresentando resistência quanto a criação da cortina verde nos municípios. Para ela, é de “extrema importância” que os prefeitos se sensibilizem quanto ao assunto. “Pois é da saúde da população que estamos cuidando”, lembrou.

A promotora disse que os municípios têm uma participação fundamental na recuperação a preservação da bacia hidrográfica do Alto Ivaí, fazendo a conservação das estradas rurais na região, enquanto os proprietários de terras também devem fazer a sua parte como a recuperação das UPPS, realizando normas de uso e conservação de solos. “Essas ações devem partir de todos os 45 municípios que compõem a bacia”, citou.

A presidente da Comcam, Angela Kraus (PSDB), prefeita de Farol, comentou que o tema é de grande importância aos prefeitos, uma vez que influencia diretamente sobre a saúde humana e pelo papel de preservação do meio ambiente. “Os prefeitos, cujos municípios estão integrados a Bacia do Rio Ivaí puderam retirar suas dúvidas e esclarecer vários pontos sobre o assunto. Sabemos que esta é uma área polêmica que requer muita discussão”, falou.

O projeto

A Rede Ambiental é um projeto estratégico que fortalece a atuação regionalizada do Ministério Público do Paraná na área do Meio Ambiente. Agrupadas em 12 regiões, que respeitam as áreas de influência das principais bacias hidrográficas do Estado, as Promotorias de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente trabalham em conjunto para o enfrentamento de questões que vão além das divisas de municípios e comarcas. Na bacia do Alto Ivaí estão as cidades de Apucarana, Barbosa Ferraz, Campo Mourão, Cândido de Abreu, Faxinal, Grande Rios, Iretama, Ivaiporã, Jandaia do Sul, Manoel Ribas, Marilândia do Sul, Peabiru, Prudentópolis, Reserva e São João do Ivaí.