Educação Fiscal foi tema de palestra e peça teatral em Campo Mourão

A noite a programação lotou o Teatro Municipal

Os mourãoenses foram ao Teatro Municipal, na noite desta segunda-feira (22/5), para assistir a programação preparada pelo Observatório Social local com o objetivo de difundir a Educação Fiscal e conscientizar a população sobre a necessidade de fiscalizar o poder público. No período da tarde, a mesma programação – uma palestra e uma peça teatral – foi assistida por centenas de estudantes de escolas públicas e particulares também no Teatro Municipal.

As palestras sobre Educação Fiscal foram proferida pelo professor Marcilio Hubner de Miranda Neto (da Universidade Estadual de Maringá – UEM). Já a peça teatral “O Auto da Barca do Fisco”, foi apresentada pela Trupe Arte, Ética e Cidadania. O espetáculo ensina, de maneira bem-humorada, os princípios da Educação Fiscal e busca despertar nos cidadãos o interesse pelo acompanhamento do orçamento público e sua correta aplicação.

O espetáculo é dirigido e apresentado por funcionários da Receita Estadual, Receita Federal e UEM. O objetivo é estimular a reflexão sobre a cidadania no tocante a arrecadação de tributos e a sua adequada aplicação para garantir serviços e bens públicos de qualidade. O Auto da Barca do Fisco foi escrito por Marcílio Hubner de Miranda Neto, que é professor do Departamento de Ciências Morfofisiológicas da UEM.

A programação resultou de parceria do Observatório Social com o Conselho do Jovem Empresário (Conjove-Acicam), Instituto de Responsabilidade Social Cruzeiro do Sul e Secretaria de Educação da Prefeitura de Campo Mourão.

Feirão do Imposto

As ações desenvolvidas nesta segunda-feira fazem parte do 2º Feirão do Imposto, que o Conjove-Acicam realiza no próximo sábado (dia 27), das 9 às 13 horas, no calçadão da avenida Capitão Índio Bandeira. A campanha deste ano aborda o tema: “Chega de Mão Grande”, incentivando a ação contra a corrupção e a favor do retorno dos impostos.