“Sexta-feira 13” foi a mentira vencedora do Concurso Pinóquio

pinoquio-premiacao

Humorista Juca Bala abrilhantou o evento, que lotou o Teatro Municipal

Uma história horripilante ocorrida numa “Sexta-Feira 13”, contada por Arlete Delesporte, foi a mentira que faturou o primeiro lugar no 24º Concurso Pinóquio de Causos e Mentiras. O evento, abrilhantado ainda com um show do humorista Juca Bala, lotou o Teatro Municipal na noite deste sábado (1º de abril). Além de troféus, o primeiro e segundo colocados nas categorias Mentira Adulto, Mentira Infantil e Melhor Causo, receberam prêmios em dinheiro.

Na categoria Mentira Infantil o primeiro lugar ficou com “O caso da Linguiça”, contada por Cecília Yume e Ana Luiza Ávila. Nicole Rodrigues e Nataly da Silva faturaram o segundo lugar com “A pequena viagem” e Renan Cirino Costa o terceiro com “Meu avô quebrador de milho”.

Na categoria Melhor Causo o primeiro lugar foi de Aristeu Pereira de Jesus com “Juca e o rei”, seguido de Saulo Aparecido de Souza com a “História de Zé Kalango” (2º) e José Lucas da Silva – “Moleque sapeca” (3º).

Também foram classificados na modalidade Maior Mentira Anderson Carolo Pedroso com “As histórias de Lambari e Cabeça de Vaca” (2º lugar) e Cleonice dos Santos  com“Meu Fietim 37”, em 3º.

A apresentação foi feita por Gerson Maciel e a comissão julgadora composta por Hosana Tezelli (presidente do Provopar), Professor Cícero (vereador e artista) e Cida Freitas (professora). Nove candidatos disputaram o tradicional concurso, que faz parte do calendário cultural do município e é promovido pela Fundação Cultural.

Além de troféus até o terceiro colocado, a premiação em dinheiro para a Maior Mentira foi de R$ 1.500,00 (1º lugar) e R$ 800,00 (2º); Mentira Infantil, R$ 400 (1º lugar) e R$ 300,00 (2º); Melhor Causo: R$ 1.200,00 (1º lugar) e R$ 800,00 (2º).